Mercado abrirá em 4 h 2 min

TruckPad: App brasileiro para caminhoneiros recebe aporte de unicórnio chinês

Fidel Forato

Desenvolvedora de aplicativo que conecta caminhoneiros a cargas, a startup brasileira TruckPad divulgou nesta terça-feira (12) que recebeu aporte da Full Truck Alliance (FTA), o unicórnio chinês que foi avaliado em mais de US$ 10 bilhões e oferece serviços a motoristas de caminhão.

Sem revelar valores do aporte da empresa chinesa, a brasileira TruckPad estima movimentar R$ 2 bilhões com a incrementação de seus negócios em 2020. Com a nova carga de recursos, ela deve investir em expansão e quadruplicar seu quadro de funcionários.

“Estamos muito felizes com o investimento da FTA e a colaboração chinesa com o nosso negócio. Estamos certos de que nossos novos sócios nos ajudarão na criação de soluções inovadoras para os nossos usuários na logística brasileira”, declarou o presidente executivo da startup, Carlos Mira, em comunicado.

Com a parceria, a TruckPad receberá ajuda técnica da gigante chinesa na adoção de novas tecnologias. Vale lembrar que a FTA recebeu investimentos de grandes nomes do mercado global, como a japonesa SoftBank e a chinesa Tencent. O unicórnio chinês também está se preparando para a IPO, a abertura de capital da empresa.

App brasileiro recebe aporte de unicórnio chinês

Antecedentes da TruckPad

Fundada em 2014, a empresa levantou ao longo desses cinco anos US$ 20 milhões em investimentos. Atualmente, são 400 mil motoristas cadastrados na plataforma que é conhecida como "Uber de cargas".

Como parte de suas soluções para transporte, TruckPad permite que motoristas autônomos combinem entregas diretamente com empresas, além de oferecer em seu sistema cálculo de diesel e pedágio para a viagem. A ferramenta, que é grátis, funciona em todo o Brasil e seleciona caminhoneiros com base na avaliação de performance e reputação, de maneira muito similar aos aplicativos de mobilidade urbana, como Uber e 99.

O app TruckPad está disponível para celulares Android na Play Store.


Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: