Mercado abrirá em 8 h 6 min
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,35 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,91
    +0,27 (+0,38%)
     
  • OURO

    1.774,50
    +5,50 (+0,31%)
     
  • BTC-USD

    33.948,93
    -1.857,77 (-5,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    840,41
    -99,53 (-10,59%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,32 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.413,42
    -387,85 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.908,21
    -1.055,87 (-3,65%)
     
  • NASDAQ

    14.000,50
    -34,50 (-0,25%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0031
    -0,0330 (-0,55%)
     

Trocafone registra IPO para expandir negócios de celulares seminovos

·2 minuto de leitura

Conhecida por intermediar a compra e venda de celulares e tablets seminovos, a Trocafone pediu na tarde desta quarta-feira (2) o registro de uma oferta inicial de ações (IPO) na Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Com isso, a companhia vai poder buscar recursos no mercado para financiar planos de expansão.

A empresa diz que seu negócio busca “fomentar a inclusão digital por meio de uma cultura que preze pelo padrão de consumo sustentável e de qualidade”. Além disso, afirma que está alinhada com os princípios da economia circular compartilhada e incentiva “uma forma de viver mais consciente”.

O preço e a quantidade de ações oferecidas na distribuição primária da oferta ainda não foram divulgados. No prospecto preliminar, a Trocafone informa que teve receita líquida de R$ 50,17 milhões no primeiro trimestre deste ano. Isso representa um aumento de 16,3% em relação a 2020.

Desde que foi criada, em 2014, a empresa recebeu várias rodadas de investimentos. Os recursos obtidos foram usados na expansão de pontos físicos de negócios e para comprar a unidade da Brightstar no Brasil — que era sua única rival direta no país —, em janeiro do ano passado.

Imagem: Reprodução/Pexels/Stanley Ng
Imagem: Reprodução/Pexels/Stanley Ng

A Trocafone afirma no documento que pretende usar os recursos captados em fusões e aquisições, investimento em marketing, capital de giro e crescimento, inclusive com expansão para a América Latina. No Brasil, a companhia tem quiosques em shopping centers de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia; e vende em sites como Mercado Livre, Amazon e unidades controladas B2W (Submarino, Shoptime e Americanas).

Aumento global nas vendas de seminovos

Segundo a empresa, estudos do setor apontam que o mercado de smartphones seminovos movimentou R$ 2,2 bilhões no Brasil em 2020. A expectativa é que atinja os R$ 5 bilhões em 2024. Pesquisas da consultoria IDC indicam que 3,1 milhões de celulares seminovos foram vendidos em 2020 no país. Isso equivale a 7,2% das vendas totais no setor nacional. No mundo, a comercialização desses modelos chegou a 18% do total de vendas de aparelhos.

A operação será liderada por Itaú BBA, BTG Pactual, Goldman Sachs e UBS-BB. Durante o processo, atuais sócios também podem vender parte de suas ações.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos