Mercado fechará em 3 h 19 min
  • BOVESPA

    111.391,27
    -2.191,73 (-1,93%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.181,66
    -416,87 (-0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,83
    -0,62 (-0,82%)
     
  • OURO

    1.738,90
    -13,10 (-0,75%)
     
  • BTC-USD

    41.584,78
    -1.673,50 (-3,87%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.029,45
    -27,69 (-2,62%)
     
  • S&P500

    4.355,77
    -87,34 (-1,97%)
     
  • DOW JONES

    34.336,49
    -532,88 (-1,53%)
     
  • FTSE

    7.028,10
    -35,30 (-0,50%)
     
  • HANG SENG

    24.500,39
    +291,61 (+1,20%)
     
  • NIKKEI

    30.183,96
    -56,10 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.803,50
    -391,25 (-2,57%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3418
    +0,0350 (+0,55%)
     

Tripulação a salvo do módulo russo da ISS após detecção de fumaça

·1 minuto de leitura
O novo módulo científico russo Nauka se acoplou no fim de julho à ISS, após quase 15 anos de atraso (AFP/-)

Fumaça e cheiro de plástico queimado foram detectados na parte russa da Estação Espacial Internacional (ISS), informou a agência Roscosmos, que garantiu, no entanto, que a tripulação está a salvo e a caminhada espacial prevista para quinta-feira confirmada.

"Em 9 de setembro às 4H55 horário de Moscou, um detector de fumaça foi ativado no módulo de serviço Zvezda, no segmento russo da ISS, durante a mudança automática da bateria e um alarme soou", afirmou a Roscosmos em um comunicado.

A agência espacial russa explicou que um filtro atmosférico foi utilizado para "eliminar uma possível contaminação por fumaça".

"Todos os sistemas funcionam normalmente", destacou a Roscosmos. "A tripulação continua treinando com normalidade para a saída ao espaço prevista para a tarde".

O novo incidente, o mais recente de uma longa série, acontece depois que a empresa espacial russa responsável pela manutenção da parte russa da ISS considerou no fim de agosto que seu estado era preocupante, com 80% dos sistemas de voo "no fim de sua vida útil".

De acordo com entrevistas da tripulação com as bases em terra, divulgadas pela Nasa e citadas nesta quinta-feira pela agência de notícias Ria Novosti, se o alarme foi acionado no módulo russo Zvezda e a tripulação detectou fumaça e um odor estranho.

Dois cosmonautas, Oleg Novitsky e Piotr Doubrov, devem realizar uma caminhada espacial nesta quinta-feira para prosseguir com as obras de integração do novo módulo científico russo Nauka, que se acoplou no fim de julho à ISS, após quase 15 anos de atraso.

apo/alf/pz/es/m/fp

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos