Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.380,49
    -948,51 (-0,80%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.126,51
    +442,96 (+0,99%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,85
    +0,08 (+0,15%)
     
  • OURO

    1.852,80
    -2,40 (-0,13%)
     
  • BTC-USD

    32.632,70
    +530,62 (+1,65%)
     
  • CMC Crypto 200

    658,61
    -18,29 (-2,70%)
     
  • S&P500

    3.855,36
    +13,89 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    30.960,00
    -36,98 (-0,12%)
     
  • FTSE

    6.638,85
    -56,22 (-0,84%)
     
  • HANG SENG

    30.159,01
    +711,16 (+2,41%)
     
  • NIKKEI

    28.715,55
    -106,74 (-0,37%)
     
  • NASDAQ

    13.460,00
    -15,50 (-0,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6392
    +0,0030 (+0,05%)
     

Segundo turno no Rio de Janeiro: TRE aciona PF contra paralisação de rodoviários de duas empresas de ônibus

·2 minuto de leitura
Foto: Uanderson Fernandes
Foto: Uanderson Fernandes

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro determinou a intervenção da Polícia Federal na paralisação dos rodoviários das viações Redentor e Futura. Iniciada na madrugada deste domingo, o movimento atingiu moradores das regiões de Jacarepaguá e Barra da Tijuca, na Zona Oeste da capital.

Para o TRE-RJ, "a paralisação é ilegal e representa grave impedimento e embaraço às eleições. As lideranças do movimento serão responsabilizadas na forma da lei penal". Na Redentor, as manifestações dos motoristas contra o parcelamento em oito vezes do 13° começaram na madrugada deste domingo, na porta da garagem da empresa, em Jacarepaguá.

Leia também

Segundo nota oficial dos Sindicato dos Motoristas e Cobradores de ônibus do Rio, cerca de 2500 trabalhadores compareceram ao protesto

Segundo o Tribunal, a expectativa é de que o funcionamento seja retomado em breve.

Eleições no Rio de Janeiro

Segundo maior colégio eleitoral do Brasil com praticamente 5 milhões de eleitores aptos, o Rio de Janeiro viverá a disputa de um ex-prefeito contra o atual mandatário da cidade, protagonizada por Eduardo Paes (DEM) e Marcelo Crivella (Republicanos).

Paes, ex-prefeito da capital do Rio, teve problemas com sua candidatura antes de oficializá-la, mas nas pesquisas esteve sempre na liderança para o primeiro turno, no qual terminou com 37.01% dos votos válidos.

Já o atual prefeito Crivella teve uma campanha bem apagada, ameaçada em alguns poucos momentos por Martha Rocha (PDT) e Benedita da Silva (PT). Após chegar a 21,9% dos votos válidos, ele tenta agora mais quatro anos à frente da prefeitura.

Eleições municipais em todo país

As Eleições 2020 moveram praticamente todo país neste domingo. Por conta do coronavírus, essa foi uma eleição diferente, com horários estendidos e mais critérios de segurança sanitária.

Uma questão que levanta muitas dúvidas ao longo processo é o famoso coeficiente eleitoral. Bem resumidamente, é a divisão do número de eleitores pelo número de vagas (nós explicamos com detalhes AQUI). Cada cidade, então, tem seu coeficiente eleitoral.

Caso não esteja presente na cidade onde você está apto para votar, é possível justificar seu voto. Para saber como, siga nosso guia clicando AQUI.

O que faz um prefeito?

O Estado se divide em três poderes o Executivo, Legislativo e Judiciário, e o prefeito é o chefe do Poder Executivo. Ou seja, é responsabilidade do prefeito administrar a cidade que exerce suas funções. Para mais detalhes da função CLIQUE AQUI e para saber quanto ganha um prefeito, CLIQUE AQUI.