Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.541,95
    -1.079,62 (-1,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.524,45
    -537,16 (-1,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    106,01
    -3,77 (-3,56%)
     
  • OURO

    1.808,00
    -9,50 (-0,52%)
     
  • BTC-USD

    18.909,74
    -1.401,19 (-6,90%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,82
    -26,65 (-6,18%)
     
  • S&P500

    3.785,38
    -33,45 (-0,88%)
     
  • DOW JONES

    30.775,43
    -253,88 (-0,82%)
     
  • FTSE

    7.169,28
    -143,04 (-1,96%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    26.393,04
    -411,56 (-1,54%)
     
  • NASDAQ

    11.511,25
    -179,75 (-1,54%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5056
    +0,0950 (+1,76%)
     

Travesseiro inteligente monitora a qualidade do sono

Pesquisadores da Universidade de Guangxi, na China, desenvolveram um novo tipo de travesseiro inteligente capaz de monitorar o sono. O dispositivo mapeia a posição da cabeça do usuário, fornecendo detalhes precisos de uma maneira muito menos invasiva do que os sistemas de rastreamento utilizados atualmente.

Segundo os cientistas, o travesseiro autoalimentado não restringe os movimentos, podendo ser usado durante a noite toda sem que o paciente se sinta desconfortável com máscaras e fios presos à cabeça, permitindo uma leitura muito mais eficiente sobre as diversas etapas do sono.

“Pessoas com problemas para dormir vão a centros médicos ou podem usar um aplicativo em seus celulares e relógios inteligentes para realizar testes de distúrbios do sono. O problema é que essas duas formas não garantem dados tão precisos quanto um travesseiro que passa despercebido enquanto faz o monitoramento do sono”, explica o professor de nanotecnologia Haiying Kou, autor principal do estudo.

Nanogeradores

Para criar um sistema de monitoramento menos invasivo, os pesquisadores utilizaram nanogeradores triboelétricos (TENGs, na sigla em inglês). Esses dispositivos são autoalimentados, ou seja, não precisam de uma fonte externa de energia para funcionar.

Esquema de funcionamento do travesseiro inteligente (Imagem: Reprodução/Guangxi University)
Esquema de funcionamento do travesseiro inteligente (Imagem: Reprodução/Guangxi University)

O travesseiro inteligente possui uma camada triboelétrica feita com um polímero poroso e flexível. O movimento entre a cabeça e essa camada altera o campo elétrico ao redor dos eletrodos instalados na superfície do travesseiro, gerando uma corrente que alimenta todo o sistema.

“Nós juntamos vários desses sensores autoalimentados para criar uma matriz de nanogeradores triboelétricos muito flexível e respirável, que pode ser colocada em cima de um travesseiro comum, sem que o paciente perceba que está usando um dispositivo para monitorar o seu sono”, acrescenta Kou.

Além do sono

Durante os testes realizados em laboratório, os cientistas provaram que os sensores autoalimentados podem capturar com facilidade a distribuição da pressão exercida pela cabeça à medida que ela muda de posição, rastreando as variações do sono conforme a pessoa se movimenta ao dormir.

Sensores autoalimentados detectam as variações de pressão dos movimentos da cabeça (Imagem: Reprodução/Guangxi University)
Sensores autoalimentados detectam as variações de pressão dos movimentos da cabeça (Imagem: Reprodução/Guangxi University)

Segundos os pesquisadores, esse sistema também seria eficiente para rastrear doenças que afetam o movimento da cabeça — como um distúrbio degenerativo do pescoço conhecido como espondilose cervical — ou adaptado para oferecer um sistema de alerta em tempo real para pessoas que correm o risco de cair da cama.

“Mais do que monitorar a qualidade do sono, esse travesseiro inteligente pode fornecer um panorama completo sobre a saúde do paciente, com leituras extremamente precisas capturadas enquanto essa pessoa dorme ou tenta dormir”, encerra o professor Haiying Kou.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos