Mercado fechará em 6 h 29 min
  • BOVESPA

    109.623,59
    -1.815,77 (-1,63%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,59 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,76
    -1,21 (-1,68%)
     
  • OURO

    1.758,10
    +6,70 (+0,38%)
     
  • BTC-USD

    43.837,32
    -3.477,97 (-7,35%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.091,42
    -134,11 (-10,94%)
     
  • S&P500

    4.361,18
    -71,81 (-1,62%)
     
  • DOW JONES

    34.031,89
    -552,99 (-1,60%)
     
  • FTSE

    6.858,65
    -104,99 (-1,51%)
     
  • HANG SENG

    24.099,14
    -821,62 (-3,30%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,75 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.096,75
    -229,25 (-1,50%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2152
    +0,0158 (+0,25%)
     

Transferência de imóvel em São Paulo é a mais ágil do país

·1 minuto de leitura
Hand of Business people calculating interest, taxes and profits to invest in real estate and home buying
Hand of Business people calculating interest, taxes and profits to invest in real estate and home buying
  • Relatório destaca a rapidez para comprar e vender propriedades no estado

  • No período de 21 é possível fazer a transferência de proprietários após a venda

  • A média brasileira é de 39 dias para a conclusão do processo

O mercado imobiliário de São Paulo é o mais ágil do país, de acordo com os dados levantados pelo relatório Doing Business Subnacional Brasil. Realizado pelo Banco Mundial, o estudo aponta que o processo de transferência de propriedades ocorre de maneira rápida e eficiente em função da centralização de procedimentos de diligência prévia em um único sistema online.

Leia também:

Em apenas 21 dias é possível concluir o negócio. De acordo com a pesquisa, esse é o período demandado para o levantamento de documentos, lavratura da escritura pública e para o registro imobiliário.

A facilidade na transferência favorece o setor. Com a marca de 60 mil unidades lançadas em 2020, o mercado imobiliário da capital paulista apresentou o melhor resultado na cidade em 17 anos, de acordo com a Secovi-SP. Na área de vendas, o aumento foi de 44,11% apenas nos últimos dois meses.

Na média brasileira, são necessários 39 dias, no mínimo, para realizar todo o processo. Em outros países do BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), a média estimada é de 26,6 dias para a concretização da venda. Já nos países da PCDE, o índice fica em torno de 23,7 dias.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos