Mercado fechará em 3 h 16 min
  • BOVESPA

    106.005,55
    +1.539,30 (+1,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.289,02
    +361,64 (+0,71%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,70
    +2,20 (+3,31%)
     
  • OURO

    1.771,40
    +8,70 (+0,49%)
     
  • BTC-USD

    56.179,76
    -135,80 (-0,24%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.431,97
    -9,79 (-0,68%)
     
  • S&P500

    4.530,18
    -46,92 (-1,03%)
     
  • DOW JONES

    34.435,54
    -204,25 (-0,59%)
     
  • FTSE

    7.144,44
    +15,23 (+0,21%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.744,25
    -244,25 (-1,53%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3908
    +0,0106 (+0,17%)
     

Trafigura diz que acessou estoques de cobre para atender demanda

·2 min de leitura

(Bloomberg) -- A Trafigura, maior operadora de cobre do mundo, disse que tem retirado estoques da Bolsa de Metais de Londres para enviar a clientes em mercados físicos com oferta insuficiente e que comunicou as operações com antecedência à bolsa.

Most Read from Bloomberg

A Bloomberg informou na terça-feira que a Trafigura encomendou volumes significativos de cobre dos armazéns nas últimas semanas da Bolsa de Metais de Londres (LME, na sigla em inglês), o que contribuiu para reduzir os estoques disponíveis para o menor nível desde 1974 e ampliou um spread importante para a maior diferença já registrada. Na noite de terça-feira, a LME introduziu um conjunto de medidas de emergência para reduzir a volatilidade sem precedentes nos contratos à vista da bolsa, e também solicitou informações dos corretores sobre a atividade de negociação de clientes no mercado de cobre.

“Em um mercado de cobre muito apertado, com forte demanda superando a oferta disponível, a Trafigura acessou o estoque para entregá-lo a usuários finais, principalmente nas principais áreas de consumo na Ásia e na Europa”, disse um porta-voz da Trafigura. “Isso ocorre durante um período de alto risco de disrupções na oferta e gargalos no transporte.”

A empresa, que ultrapassou a Glencore como a maior operadora de cobre do mundo em 2019, comunicou a LME com antecedência antes de pedir a retirada do metal, disse o porta-voz. A empresa diz que está entre as várias participantes do mercado que tomaram medidas semelhantes nas últimas semanas.

Como a maior bolsa de futuros de metais industriais e operadora de uma rede global de armazéns, a LME desempenha um papel fundamental na manutenção de um mercado organizado durante períodos de estresse de oferta. As medidas emergenciais anunciadas na terça-feira vieram na esteira da queda dos estoques da LME, o que elevou o spread entre contratos à vista e futuros para máximas históricas, em um padrão chamado “backwardation” no jargão do mercado, que indica um aperto da oferta.

Na sexta-feira, os contratos de cobre da LME com vencimento em um dia útil foram negociados com prêmio de US$ 175 em relação aos que venciam um dia depois, superando recordes anteriores em dados que remontam a 1998, enquanto o spread entre os contratos futuros e à vista e de três meses também atingiu um recorde de US$ 1.103,50 na segunda-feira.

Most Read from Bloomberg Businessweek

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos