Mercado abrirá em 2 h 23 min
  • BOVESPA

    125.675,33
    -610,27 (-0,48%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.634,60
    +290,49 (+0,57%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,35
    -0,27 (-0,37%)
     
  • OURO

    1.831,80
    -4,00 (-0,22%)
     
  • BTC-USD

    38.771,59
    -1.535,08 (-3,81%)
     
  • CMC Crypto 200

    921,85
    -8,51 (-0,91%)
     
  • S&P500

    4.419,15
    +18,51 (+0,42%)
     
  • DOW JONES

    35.084,53
    +153,60 (+0,44%)
     
  • FTSE

    7.016,39
    -62,03 (-0,88%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.882,25
    -155,50 (-1,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0272
    -0,0133 (-0,22%)
     

Traficante procurado pelos EUA é capturado na Guatemala

·1 minuto de leitura
Um carregamento de cocaína é testado pela polícia

Um suposto narcotraficante guatemalteco, o número 27 na lista de procurados para extradição pelos Estados Unidos, onde é acusado de exportar cocaína e metanfetamina da região centro-americana, foi detido nesta quinta-feira (17) pelas autoridades da Guatemala.

“O Ministério Público (MP) coordenou com a polícia a apreensão para extradição para os Estados Unidos de Marvin Alexander Morales Girón”, informou a entidade em nota.

O MP especificou que a prisão foi feita no km 8 da rota para o Atlântico (nordeste) e que o homem é procurado pelo Tribunal Distrital dos Estados Unidos para o Distrito Norte da Geórgia.

Morales Girón é responsável pelo crime de “formação de quadrilha para distribuição de metanfetamina e cocaína aos Estados Unidos”, explicou o MP.

"A investigação revelou que, desde janeiro de 2014, Morales Girón conspirou para distribuir metanfetaminas e cocaína para exportação para os Estados Unidos. A organização de narcotráfico da qual ele fazia parte atuava na Guatemala, México, Panamá e Estados Unidos, entre outros lugares.

Com a captura de Morales Girón, 27 guatemaltecos foram presos para fins de extradição aos Estados Unidos por delitos de tráfico de drogas.

Segundo as autoridades, grandes cartéis internacionais, com a ajuda de narcotraficantes locais, utilizam a Guatemala e o resto da América Central para traficar drogas e lavar dinheiro, atividades que fomentam a violência que assola a região.

De acordo com os Estados Unidos, 90% da cocaína que chega ao país é transportada em aviões, barcos e submarinos oriundos do México e da América Central.

ec/llu/am

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos