Mercado fechará em 1 h 42 min
  • BOVESPA

    95.548,98
    +180,22 (+0,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    36.944,41
    -449,30 (-1,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    35,92
    -1,47 (-3,93%)
     
  • OURO

    1.867,70
    -11,50 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    13.540,38
    +385,01 (+2,93%)
     
  • CMC Crypto 200

    266,16
    +23,49 (+9,68%)
     
  • S&P500

    3.296,24
    +25,21 (+0,77%)
     
  • DOW JONES

    26.534,34
    +14,39 (+0,05%)
     
  • FTSE

    5.581,75
    -1,05 (-0,02%)
     
  • HANG SENG

    24.586,60
    -122,20 (-0,49%)
     
  • NIKKEI

    23.331,94
    -86,57 (-0,37%)
     
  • NASDAQ

    11.323,75
    +191,00 (+1,72%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7334
    -0,0010 (-0,01%)
     

Traficante André do Rap, solto e preso pelo STF, é alvo de operação da polícia de SP

Colaboradores Yahoo Notícias
·1 minuto de leitura
O traficante André do Rap, um dos chefes do PCC (Primeiro Comando da Capital)
O traficante André do Rap, um dos chefes do PCC (Primeiro Comando da Capital)

O traficante André Oliveira Macedo, conhecido como André do Rap, é alvo de operação da Polícia Civil de São Paulo. Ele é um dos chefes do PCC (Primeiro Comando da Capital), facção criminosa que atua dentro e fora dos presídios do estado.

De acordo com o portal G1, os investigadores suspeitam que ele tenha deixado o país e esteja no Paraguai.

Leia também

Em nota enviada na neste domingo (11), a Secretaria da Segurança Pública (SSP) afirmou que policiais dos departamentos Estadual de Investigações Criminais (DEIC), de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) e de Operações Policiais Especiais (DOPE) estão em diligências desde a tarde deste sábado (10) para tentar encontrar o traficante.

O traficante foi libertado da penitenciária de Presidente Venceslau, no interior paulista, na manhã do último sábado (10), após ter habeas corpus concedido pelo ministro Marco Aurélio Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal).

Horas depois, o presidente da Casa, Luiz Fux, suspendeu a decisão e determinou o retorno de André à prisão.

André do Rap foi preso em setembro de 2019, em uma operação feita pela Polícia Civil de São Paulo em um condomínio de luxo em Angra dos Reis, no litoral do Rio de Janeiro. Ele é investigado por ter função de chefia dentro do PCC e gerenciar o envio de grandes remessas de cocaína à Europa.