Mercado fechará em 2 h 38 min
  • BOVESPA

    109.121,26
    +1.742,34 (+1,62%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.538,61
    +271,41 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,17
    +2,11 (+4,90%)
     
  • OURO

    1.803,00
    -34,80 (-1,89%)
     
  • BTC-USD

    19.309,34
    +857,38 (+4,65%)
     
  • CMC Crypto 200

    383,01
    +13,26 (+3,59%)
     
  • S&P500

    3.625,41
    +47,82 (+1,34%)
     
  • DOW JONES

    29.992,43
    +401,16 (+1,36%)
     
  • FTSE

    6.417,47
    +83,63 (+1,32%)
     
  • HANG SENG

    26.588,20
    +102,00 (+0,39%)
     
  • NIKKEI

    26.165,59
    +638,22 (+2,50%)
     
  • NASDAQ

    12.002,25
    +97,00 (+0,81%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4041
    -0,0362 (-0,56%)
     

Trafalgar perde 7 pessoas que vão criar gestora com EQI: Fontes

Felipe Marques
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Um grupo de 7 executivos, incluindo dois sócios fundadores, está deixando a Trafalgar Investimentos para criar uma nova gestora, segundo pessoas a par do assunto.

Estão deixando a empresa Roberto Chagas, ex-UBS que era responsável pelas estratégias de ações, e Ettore Marchetti, ex-Credit Suisse, responsável por renda fixa. Os dois fazem parte do grupo que criou a Trafalgar, em 2017.

Também estão saindo Felipe Passaro, Aline Cardoso, Pedro Carneiro, Luiz Mello e o responsável por relações com investidores, Gabriel Ramos, segundo as pessoas.

A Trafalgar confirmou as saídas e disse em nota que “fechou o fundo durante o período de transição” e que novos gestores “serão anunciados nas próximas semanas.” Chagas, Marchetti e os demais executivos não comentaram.

O grupo vai criar uma nova gestora de recursos com a EQI Investimentos, escritório de agente autônomo que firmou parceria com o Banco BTG Pactual em julho, disseram as pessoas, que pediram para não ser citadas porque as conversas não são públicas. Chagas e Marchetti serão os diretores de investimento da nova gestora.

A EQI era um dos maiores escritórios de agente autônomo da XP e chegou a ter cerca de R$ 9,5 bilhões sob assessoria, de acordo com seu site, antes de migrar para o BTG. Em sociedade com o BTG, a EQI vai criar uma corretora, segundo disse o banco em um comunicado.

Marchetti trabalhou por mais de uma década no Credit Suisse Hedging Griffo enquanto Roberto Chagas passou nove anos no UBS, antes de ajudar a fundar a Trafalgar. A Trafalgar, que também tem uma operação de gestão de fortunas, é comandada por Paulo Corchaki, um veterano ex-executivo do Itaú que também foi responsável pelo negócio de gestão de fortunas do UBS no Brasil. A empresa tem cerca de R$ 4 bilhões sob gestão.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.