Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.242,67
    -2.546,66 (-2,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.378,14
    -1.085,89 (-2,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    109,10
    -3,30 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.815,10
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    29.098,94
    -1.061,07 (-3,52%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,50
    -20,18 (-3,01%)
     
  • S&P500

    3.923,68
    -165,17 (-4,04%)
     
  • DOW JONES

    31.490,07
    -1.164,52 (-3,57%)
     
  • FTSE

    7.438,09
    -80,26 (-1,07%)
     
  • HANG SENG

    20.644,28
    +41,76 (+0,20%)
     
  • NIKKEI

    26.911,20
    +251,45 (+0,94%)
     
  • NASDAQ

    11.878,25
    -682,00 (-5,43%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2167
    +0,0063 (+0,12%)
     

Traders agora apostam em quatro altas seguidas de 0,5 pp do Fed

·1 min de leitura

(Bloomberg) -- Traders apostam que o Federal Reserve realizará os maiores aumentos de juros nos EUA em mais de duas décadas em cada uma das próximas quatro reuniões de política monetária.

O mercado monetário precifica 2 pontos percentuais de aperto até setembro, de acordo com swaps de taxas de juros. Isso implica aumentos de meio ponto percentual - inédito desde 2000 - em maio, junho, julho e setembro para levar o limite superior da taxa básica para 2,50%.

Essa precificação vem após o presidente do Fed Jerome Powell expor sua mais agressiva abordagem para domar a inflação até o momento na quinta-feira.

O colega de Powell do Fed de St. Louis, James Bullard, abriu um debate sobre fazer um aumento mais agressivo de 0,75 ponto percentual, se necessário, enquanto até mesmo autoridades normalmente dovish, como Mary Daly de São Francisco, tem dito que um “par” de movimentos de meio ponto percentual é provável.

More stories like this are available on bloomberg.com

©2022 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos