Trabalhadores do Comperj decidem manter greve

O Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil de São Gonçalo, Itaboraí e Região (Sinticom) informou em nota que a assembleia realizada na manhã desta quinta-feira aprovou a manutenção da greve dos trabalhadores do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj) por tempo indeterminado.

As atividades foram interrompidas na quarta-feira (6), quando os trabalhadores decidiram, em assembleia, fazer uma paralisação.

O Sinticom diz que um novo encontro para discutir a greve está marcado para a próxima terça-feira (19), às 7h, no Trevo da Reta, em Itaboraí, Rio de Janeiro. "O Sinticom e os trabalhadores do Comperj esperam que até lá os sindicatos patronais apresentem uma nova proposta para a Convenção Coletiva de Trabalho que resolva o impasse", diz a nota.

Carregando...