Tríptico de Francis Bacon é vendido em Londres por US$ 21,5 milhões

Londres, 12 fev (EFE).- Um tríptico (conjunto de três pinturas unidas por uma moldura) de Francis Bacon, chamado "Three studies of a self portrait", foi vendido nesta terça-feira em Londres por 13,76 milhões de libras (US$ 21,53 milhões), em um leilão de arte contemporâneo na casa Sotheby's.

O conjunto é um dos onze trípticos com auto-retratos que o pintor irlandês produziu em 1980, quando tinha 71 anos. A obra foi a que atingiu o valor mais alto no leilão, embora não tenha chegado ao seu valor estimado.

Outra obra de Bacon comercializada no leilão foi "Study for a self portrait", que alcançou 4,5 milhões de libras (US$ 7 milhões).

A pintura foi uma das poucas que conseguiu superar a estimativa inicial, neste caso situada entre 1,8 e 2,5 milhões de libras (entre US$ 2,6 e US$ 3,8 milhões).

Apesar de ter sido apresentado como um dos destaques do leilão, "Wolke", do artista alemão Gerhard Richter, não chegou ao preço mínimo e foi vendido por sete milhões de libras (US$ 10,9 milhões).

Entre a coleção de arte moderna leiloada pela Sotheby's se encontrava além disso um retrato do líder comunista russo Vladimir Ilich Lênin, chamada "Lênin" e assinado por Andy Warhol, que alcançou um preço final de 2,16 milhões de libras (US$ 3,38 milhões).

A obra também não atingiu a estimativa inicial, que oscilava entre 1,5 e dois milhões de libras (entre US$ 2,34 e US$ 3,13 milhões). EFE

Carregando...