Mercado abrirá em 3 h 41 min
  • BOVESPA

    128.057,22
    -1.202,27 (-0,93%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.202,80
    -376,30 (-0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,78
    -0,26 (-0,37%)
     
  • OURO

    1.792,10
    +17,30 (+0,97%)
     
  • BTC-USD

    37.809,48
    -1.450,22 (-3,69%)
     
  • CMC Crypto 200

    939,97
    -29,90 (-3,08%)
     
  • S&P500

    4.221,86
    -1,84 (-0,04%)
     
  • DOW JONES

    33.823,45
    -210,22 (-0,62%)
     
  • FTSE

    7.122,01
    -31,42 (-0,44%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.190,25
    +24,75 (+0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9754
    +0,0129 (+0,22%)
     

Três astronautas serão enviados à estação espacial chinesa em junho

·2 minuto de leitura
Três astronautas serão enviados à estação espacial chinesa em junho
Três astronautas serão enviados à estação espacial chinesa em junho

A China vai enviar três astronautas para a sua estação espacial – intitulada “Tianhe” (“Harmonia Paradisíaca”, na tradução literal) – em junho de 2021, segundo informe do sistema nacional de radiodifusão do país. A missão ainda não tem um dia definido.

A notícia foi confirmada por Yang Liwei, o diretor interino de design do programa espacial tripulado do governo chinês e primeiro cidadão do país asiático a orbitar a Terra, em 2003. Ele não ofereceu detalhes quanto às identidades dos três astronautas, mas confirmou que eles farão a manutenção periódica da estação espacial, bem como vão conduzir “operações científicas”.

Leia também

Astronautas a serviço do governo chinês irão para a estação espacial Tianhe em junho
Estação espacial Tianhe é a terceira da China ao espaço e receberá em junho três astronautas do programa de lançamentos do país. Imagem: CCTV/Divulgação

A estação espacial Tianhe é a terceira lançada pela China ao espaço por meio de seu programa – além de ser a maior de todas até agora. Seu módulo principal foi a órbita em 20 de abril deste ano. A missão Shenzhou 12, que levará os três astronautas à estação, será lançada da base Jiuquan, na região noroeste do país.

No último domingo (30), a missão Tianzhou-2 chegou à estação espacial, carregando quase sete toneladas de carga, incluindo trajes espaciais, roupas, comida e equipamentos para os astronautas, bem como combustível para o funcionamento do local.

Até o final de 2022, a China planeja lançar um total de 11 missões em direção à estação, entregando mais mantimentos, além de dois módulos extras, totalizando 70 toneladas de peso de toda a estrutura.

Liwei foi questionado pela imprensa local se haveriam mulheres na missão. Segundo o diretor, “nesta missão, elas não estarão presentes”, mas missões futuras “certamente” contarão com a presença feminina. Ao todo, a China mandou ao espaço 11 astronautas, sendo três mulheres – a primeira, Liu Yang, viajou em 2012.

O programa espacial chinês vem adquirindo ambições maiores em 2021: neste mês de maio, o governo conseguiu aterrissar em Marte a missão Tianwen-1, que carregava o rover Zhurong.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos