Mercado fechado

Tráfego nas estradas aumenta em maio, mas está abaixo de 2019

Ana Conceição

Os números medem o fluxo pedagiado de veículos nas estradas sob concessão O tráfego nas estradas aumentou 22,1% em maio, na comparação com abril, considerando dados com ajuste sazonal, de acordo com indicador elaborado pela Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR) e pela Tendências Consultoria Integrada. Mas na comparação com maio do ano passado, a queda ainda é forte, de 34,2%. Os números medem o fluxo pedagiado de veículos nas estradas sob concessão.

Nos dados dessazonalizados, o tráfego de veículos leves que passaram pelos pedágios cresceu 28,7%, enquanto o de pesados avançou 9,2%. Na comparação com maio do ano passado, o fluxo de veículos leves foi 40,9% menor. O de pesados caiu 15% .

“As perdas são relativamente menores do que em abril em todas as regiões contempladas isoladamente na pesquisa”, afirma Thiago Xavier, analista da Tendências Consultoria. “Os dados evidenciam a redução do índice geral de isolamento social com a diminuição da paralisação das atividades econômicas no país, mas ainda são evidentes os efeitos da pandemia sobre o fluxo de veículos nas praças pedagiadas”.

Em abril, primeiro mês com medidas de isolamento social do começo ao fim do período, o fluxo de veículos caiu 31,7% na comparação com março, feito o ajuste sazonal, e recuou 43,8% ante o mesmo período do ano passado.

Imagem retirada do site do Dnit