Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,50 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,11 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    +0,11 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +16,30 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    57.968,43
    -591,50 (-1,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,28 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +117,75 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3651
    -0,0015 (-0,02%)
     

Toyota tem alta de 26% no lucro operacional do trimestre, mas previsão de vendas cai

TÓQUIO (Reuters) - A Toyota Motor divulgou nesta quinta-feira um salto no lucro operacional do trimestre passado, impulsionado pela desvalorização do iene e cortes de custos, mas a companhia reduziu a previsão de receita anual, citando incertezas em mercados emergentes. A maior montadora de veículos do mundo afirmou que o lucro operacional do trimestre de julho a setembro subiu 26 por cento, para 827,4 bilhões de ienes (6,81 bilhões de dólares), pouco acima da média de estimativas de analistas. A companhia lidera o ranking global de vendas nos últimos meses, tendo vendido 7,49 milhões de carros no mundo no ano até setembro. A alemã Volkswagen teve vendas de 7,43 milhões durante o mesmo período. Apesar do crescimento do resultado, a Toyota cortou a projeção anual de receita para 27,5 trilhões de ienes, valor 1 por cento maior que o obtido um ano antes, mas abaixo da estimativa anterior de 27,8 trilhões. "O mercado de veículos, especialmente em economias em desenvolvimento, vai continuar forte, mas a Ásia pode não se recuperar tanto quanto esperamos, então estamos assumindo uma postura mais cautelosa em nossa previsão para mercados emergentes", disse o diretor administrativo Tetsuya Otake a jornalistas. A Toyota afirmou que embora espere cumprir a meta deste ano de vendas de 1,1 milhão de veículos na China, a lucratividade no maior mercado automotivo do mundo provavelmente vai piorar por conta da desaceleração da economia do país. O lucro líquido da Toyota no trimestre passado subiu 13,5 por cento, para 611,72 bilhões de ienes. (Por Naomi Tajitsu)