Mercado abrirá em 9 h 41 min
  • BOVESPA

    128.427,98
    -339,48 (-0,26%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.170,78
    +40,90 (+0,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,07
    -0,01 (-0,01%)
     
  • OURO

    1.776,50
    -6,90 (-0,39%)
     
  • BTC-USD

    32.637,12
    -1.155,54 (-3,42%)
     
  • CMC Crypto 200

    784,15
    -26,04 (-3,21%)
     
  • S&P500

    4.241,84
    -4,60 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    33.874,24
    -71,34 (-0,21%)
     
  • FTSE

    7.074,06
    -15,95 (-0,22%)
     
  • HANG SENG

    28.899,03
    +81,96 (+0,28%)
     
  • NIKKEI

    28.920,12
    +45,23 (+0,16%)
     
  • NASDAQ

    14.296,25
    +33,25 (+0,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9267
    -0,0018 (-0,03%)
     

Toyota Mirai bate recorde e percorre mais de 1 mil km com tanque de hidrogênio

·2 minuto de leitura
Toyota Mirai bate recorde e percorre mais de 1 mil km com tanque de hidrogênio
Toyota Mirai bate recorde e percorre mais de 1 mil km com tanque de hidrogênio

O Toyota Mirai bateu o recorde mundial de distância percorrida por um carro a hidrogênio com apenas um único tanque. O veículo híbrido percorreu mais de 1 mil quilômetros nas ruas francesas fazendo apenas um abastecimento e, claro, sempre rodando com emissões zero.

O recorde foi estabelecido no dia 26 de maio. Às 05h43 da manhã, o carro da Toyota passou cinco minutos em uma estação HYSETCO para encher o tanque com H2 verde e, depois, partiu para a viagem. A missão foi cumprida e a marca anterior de 887,5 quilômetros, registrado pelo Hyundai Nexo também em maio, foi superada. De acordo com dados da montadora japonesa, o Mirai se tornou “o novo rei do hidrogênio em longa distância” após alcançar 1.003 quilômetros. Veja o vídeo abaixo:

Ao todo, quatro pessoas participaram da expedição, incluindo Victorien Erussard, fundador e capitão do Energy Observer, a embarcação movida a hidrogênio da Toyota. Para quebrar o recorde, os motoristas adotaram um estilo de “direção ecológica’, algo que a marca nipônica diz não ser uma técnica especial desconhecida dos pilotos comuns.

CEO da Toyota França, Frank Marotte declarou que a conquista do elétrico movido a hidrogênio é incrível. “Gostaria de agradecer às equipes da Toyota França e da Europa, bem como a Victorien do Energy Observer, com quem partilhamos a mesma visão e a mesma ambição. É por meio de parcerias sólidas que poderemos contribuir para uma sociedade melhor e mais ecologicamente correta. Tendo em mente a ambição da Toyota de ir ‘Além do Zero'”, disse.

E o recorde poderia ter sido ainda maior, visto que ao final do percurso, o carro tinha 9 quilômetros de autonomia restantes – segundo informações do computador de bordo. O consumo médio de hidrogênio foi de 0,55 kg por 100 km. Vale ressaltar que a Toyota retificou os resultados após os mesmos serem devidamente certificados por uma autoridade independente.

“Estou muito feliz por ter trazido este desafio de 1.000 km para as rodas do novo Mirai”, disse Erussard, o recordista da empresa. “A mobilidade do hidrogênio já está aqui hoje”.

Toyota Mirai bate recorde: 1.000 km com um tanque de hidrogênio. Imagem: Divulgação
Toyota Mirai bate recorde: 1.000 km com um tanque de hidrogênio. Imagem: Divulgação

Não é segredo que a Toyota acredita fortemente no hidrogênio. Inclusive, um modelo do veículo chegou a ser projetado e dado para o Papa Francisco, visando o transporte “seguro e verde” da autoridade religiosa para eventos.

Lançado de forma oficial em 2019, o híbrido Mirai combina motor elétrico e célula-combustível a hidrogênio, não emitindo gases poluentes na atmosfera e liberanndo apenas água ou vapor pelo sistema de escape. Ou seja, veículo utiliza hidrogênio como combustível para gerar energia elétrica ao motor.

Leia mais:

Fonte: InsideEVs

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos