Mercado abrirá em 8 h 10 min
  • BOVESPA

    116.134,46
    +6.097,67 (+5,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.429,75
    +802,95 (+1,80%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,89
    +0,26 (+0,31%)
     
  • OURO

    1.709,90
    +7,90 (+0,46%)
     
  • BTC-USD

    19.601,59
    +471,95 (+2,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    446,10
    +10,75 (+2,47%)
     
  • S&P500

    3.678,43
    +92,81 (+2,59%)
     
  • DOW JONES

    29.490,89
    +765,38 (+2,66%)
     
  • FTSE

    6.908,76
    +14,95 (+0,22%)
     
  • HANG SENG

    17.079,51
    -143,32 (-0,83%)
     
  • NIKKEI

    26.973,03
    +757,24 (+2,89%)
     
  • NASDAQ

    11.421,00
    +135,25 (+1,20%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,0777
    +0,0038 (+0,07%)
     

Toyota fechará fábrica na Rússia

MOSCOU (Reuters) - A Toyota disse na sexta-feira que decidiu encerrar a produção de veículos na Rússia devido à interrupção no fornecimento de materiais e peças importantes.

A montadora suspendeu a produção em São Petersburgo em março por causa de problemas na cadeia de suprimentos e parou de importar para a Rússia.

“Durante esse período, mantivemos totalmente nossa força de trabalho e garantimos que nossas instalações estivessem prontas para reiniciar a produção se as circunstâncias permitissem”, afirmou a empresa em comunicado.

"No entanto, após seis meses, não conseguimos retomar as atividades normais e não vemos indicação de que possamos reiniciar no futuro."

A companhia disse que suas operações em Moscou precisavam ser reestruturadas, mas que continuaria apoiando sua rede de varejo na prestação de serviços aos clientes existentes da Toyota e Lexus.

"Estaremos oferecendo (equipe)... assistência para re-emprego, requalificação e bem-estar, incluindo apoio financeiro acima dos requisitos legais", disse.

O jornal russo Kommersant, que divulgou primeiros sobre os planos, disse que a fábrica, que tem capacidade para 100 mil unidades por ano e produziu os modelos Camry e RAV4, será preservada e poderá ser vendida no futuro.

O Ministério da Indústria e Comércio da Rússia disse que está trabalhando ao lado de autoridades regionais em maneiras de desenvolver o local.

(Com reportagem adicional de Satoshi Sugiyama em Tóquio)