Mercado fechado

Toyota Etios sairá de linha na Índia em 2020

feedback@motor1.com (Nicolas Tavares)
Toyota Etios Hatch 2018

Atualizar o hatch para as novas normas de segurança e emissões seria inviável

Desde a chegada do Yaris, muita gente pergunta qual será o futuro do Toyota Etios, não só no Brasil como em outros mercados. Aparentemente, a decisão já foi tomada para a Índia. De acordo com o site Autocar India, citando fontes ligadas à empresa, toda a linha do Etios, composta pelo hatch, sedã e o aventureiro Etios Cross, deixará de ser vendida em abril de 2020. O motivo citado é que o custo para atualizar o carro de acordo com as novas normas de emissões e de segurança no país não compensaria pelo volume de vendas atual.

O Autocar India explica que mais de 63% das vendas do Toyota Etios na Índia com carroceria hatchback são com motores diesel, subindo para 70% no caso do Etios Sedan. Só que o motor 1.4 diesel está velho e precisa ser atualizado para se encaixar nas normas de emissões BS6, que começam a valer em abril de 2020 – exatamente o mês em que o Etios deixará de ser vendido.

Mais novidades da Toyota

Atualizar o motor diesel não seria o problema, pois o custo seria baixo. A dificuldade da Toyota estaria nas regras de proteção para pedestres que serão obrigatórios a partir de outubro de 2020 na Índia, exigindo adoção de mais equipamentos de segurança e mudanças na estrutura do carro, tanto na plataforma EFC quanto na carroceria. Isso seria muito caro para um veículo que está com um baixo volume de vendas.

Outro motivo para desistir do Etios é o fato da Toyota ter feito uma parceria com a Suzuki para criar novos carros de baixo custo para o mercado asiático. Um dos modelos já lançados é o Toyota Glanza, basicamente o Suzuki Baleno com outro logo e que já vendeu mais de 14 mil unidades. A fabricante ainda irá lançar um sedã pequeno baseado no Suzuki Ciaz e um crossover feito a partir do Vitara Brezza.

Toyota Etios Hatch 2018
Toyota Etios 2019

Futuro nebuloso

Enquanto na Ásia o Toyota Etios já começa a mostrar que não terá futuro, a situação no Brasil segue sem uma definição. Lançado em 2012, o hatch feito em Sorocaba levou um tempo para ganhar seu espaço nas ruas e, quando começou a mostrar resultado, acabou canibalizado pelo Yaris. O Etios hatch emplacou 15.215 unidades desde janeiro, metade do que o Yaris hatch fez no mesmo período. O mesmo acontece com o Etios Sedan, com 10.408 unidades, muito abaixo dos 24.129 Yaris Sedan emplacados desde o início do ano. Oficialmente, a fabricante diz que o Etios continuará na linha, mas não revela se ele terá uma nova geração ou mesmo uma reestilização.