Mercado abrirá em 5 h 23 min
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,11 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,12 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,30
    +0,40 (+0,62%)
     
  • OURO

    1.834,70
    +3,40 (+0,19%)
     
  • BTC-USD

    58.794,88
    +757,89 (+1,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.567,73
    +131,95 (+9,19%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,26 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.136,38
    +6,67 (+0,09%)
     
  • HANG SENG

    28.536,81
    -73,84 (-0,26%)
     
  • NIKKEI

    29.518,34
    +160,52 (+0,55%)
     
  • NASDAQ

    13.660,50
    -49,25 (-0,36%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3645
    -0,0006 (-0,01%)
     

Toyota e GM convocam recall de veículos

Redação Finanças
·3 minuto de leitura
Berlin, Germany - 10 July, 2019: Toyota Camry Hybrid on the street. The Camry is one of the most popular sedan vehicles in the world.
A Toyota convoca o recall do modelo Camry por problemas na bomba de combustível

 

  • Toyota e GM convocam recall

  • Os carros da Toyota apresentam problemas na bomba de combustível

  • Já os veículos da GM têm problema nos pré-tensionadores dos cintos de segurança

A Toyota comunica o recall dos modelos Camry e Lexus modelos NX300, RX350 e ES300h com especificações abaixo. Já o comunicado da GM é para veículos Chevrolet Tracker, modelos 2020 a 2022, fabricados entre 25/10/2019 a 8/4//2021, com números de chassis de LB900009 até NB100146. 

Problemas da Toyota

Segundo a empresa, os veículos envolvidos têm uma bomba de combustível de baixa pressão no tanque de combustível. A certas condições de produção, o impulsor presente na referida bomba pode apresentar trincas superficiais, o que pode levar a uma deformação capaz de criar uma interferência com o corpo, tornando-a inoperante. Caso isso acontea, a luz de verificação do motor pode acender e, assim, haver um mau funcionamento do motor.

Em situações raras, o carro pode parar quando está em alta velocidade, o que aumenta o risco de acidentes mais graves, com lesões graves ou até mesmo fatais dos ocupantes. 

Veículos envolvidos:

  • Camry fabricação: 4/2 a 28/3/2019 chassis (ordem não sequencial) JTNBZ3HK* de K3008425 a K3009269

  • Lexus NX300 fabricação: 11/5 a 14/5/2018 chassis (ordem não sequencial) JTJBARBZ* de J2178631 a J2178870

  • Lexus RX350 fabricação: 4/7/2017 a 13/5/2019 chassis (ordem não sequencial) JTJBZMCA* de H2026938 a K2045044

  • Lexus ES300h fabricação: 5/92018 a 20/2/2019 chassis (ordem não sequencial) JTHB21B1* de K2008307 a K2037346

Devido a isso, quem tem os carros identificados acima deve agendar a substituição da bomba em uma concessionária a partir da próxima sexta-feira (23). A montadora disponibiliza quatro canais de atendimento. Para quem prefere usar o telefone, os números são: 0800 703 0206 e 0800 539 8727. Já pela internet, os sites são www.toyota.com.br/servicos/recall/ e www.lexus.com.br/pt/contact-us/recall.html.

Recall da GM

Segundo a GM, em caso de colisões, onde o acionamento dos pré-tensionadores abdominais dos cintos de segurança da frente do carro é esperado, constatou-se a possibilidade de fagulhas decorrentes do seu funcionamento normal atingirem o isolador acústico do carpete Chevrolet Tracker. Com isso, há possibilidade de risco de incêndio na região inferior da coluna B, o que pode levar a danos materiais e a lesões graves e fatais aos ocupantes do carro.  

KOLKATA, WEST BENGAL, INDIA - 2019/06/09: ES300h on public display at South City mall, Kolkata. (Photo by Avishek Das/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
Toyota também anunciou recall de modelos do Lexus ES300h fabricados entre 5/92018 a 20/2/2019

A montadora orienta que os proprietários dos veículos que se encaixam nas condições do comunicado a marcar na concessionária a instalação de uma proteção no isolador acústico do carpete. O agendamento deve ser feito pelo site www.chevrolet.com.br ou pelo telefone telefone 0800 702 4200 

Orientações do Procon-SP

Segundo o Procon-SP, as duas montadoras deverão apresentar os esclarecimentos que se fizerem necessários, conforme determina o Código de Defesa do Consumidor, inclusive com informações claras e precisas sobre os riscos para o consumidor.

Quem sofreu algum acidente devido ao problema pode entrar na Justiça e pedir a reparação dos danos.