Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.794,28
    -1.268,26 (-1,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.192,33
    +377,16 (+0,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,58
    -0,03 (-0,04%)
     
  • OURO

    1.752,30
    -42,50 (-2,37%)
     
  • BTC-USD

    47.383,62
    -692,29 (-1,44%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.213,16
    -20,13 (-1,63%)
     
  • S&P500

    4.473,75
    -6,95 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    34.751,32
    -63,07 (-0,18%)
     
  • FTSE

    7.027,48
    +10,99 (+0,16%)
     
  • HANG SENG

    24.667,85
    -365,36 (-1,46%)
     
  • NIKKEI

    30.323,34
    -188,37 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    15.502,00
    -2,00 (-0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1911
    -0,0049 (-0,08%)
     

Toyota Corolla perde central multimídia original e ganha peça alternativa

·2 minuto de leitura

A Toyota confirmou, no fim de semana, que o Toyota Corolla sedã, hoje produzido em Indaiatuba, interior de São Paulo, sairá da fábrica sem a central multimídia original. De acordo com a montadora japonesa, a grande culpada pelo inconveniente é a crise global de semicondutores, causada pela pandemia de covid-19.

“A Toyota do Brasil informa que, apesar de todos os esforços que têm realizado ao longo do tempo para gerenciar a falta de insumos que afeta a cadeia de suprimentos global, provocada pela pandemia de covid-19, desde o dia 1º de setembro os veículos Corolla sedã produzidos na unidade de Indaiatuba (SP) estão saindo de linha sem a central multimídia original”, diz parte do comunicado da marca.

A montadora, na verdade, preferiu priorizar os modelos Toyota Cross e, para não deixar os clientes que preferem o sedã na mão, fechou uma parceria com a Wings, empresa nacional que produz uma central multimídia alternativa. A montadora alegou que tomou tal atitude para evitar mais dores de cabeça aos clientes que compraram o modelo sedã.

“Para evitar uma parada completa de produção e causar ainda mais desconforto aos clientes que precisariam esperar seus veículos por um longo tempo, a Toyota buscou um novo parceiro para fornecer este item, cuja instalação será feita na rede de concessionárias Toyota de todo o País. Dessa forma, a Toyota assegura seu compromisso de seguir produzindo e garantindo demanda na sua cadeia suprimentos neste momento atípico e de grandes dificuldades que o mundo enfrenta”, justificou.

Central homologada

A troca da central multimídia original pela alternativa pode não agradar aos clientes a princípio, mas, segundo a Toyota e João Marcelo Barros, cofundador da Wings, não será pela queda de qualidade. De acordo com a montadora, o acessório é homologado, tem o aval da montadora e “foi desenvolvido para atender a todas as versões do sedã”.

O representante da Wings afirmou ainda que o produto faz parte de uma linha Premium e entrega, por meio de uma “super tela” de alta resolução, “uma nova experiência com o que há de mais moderno em entretenimento, segurança e navegação”. A experiência, ao menos a princípio, no entanto, ficará prejudicada pela ausência do espelhamento via Apple CarPlay ou Android Auto.

A promessa é que esse revés seja resolvido em breve. Enquanto os recursos não são disponibilizados, a central que agora equipará os modelos de Corolla sedã terá, ao menos, conexões via Bluetooth e Wi-Fi, além de Waze e Spotify já instalados. A tela é de 10 polegadas, sensível ao toque. O sistema operacional é o Android, mas também compatível com iOS.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos