Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.202,23
    +2.512,05 (+2,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.342,54
    +338,35 (+0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,28
    +2,45 (+3,84%)
     
  • OURO

    1.698,20
    -2,50 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    50.598,32
    +2.880,61 (+6,04%)
     
  • CMC Crypto 200

    982,93
    +39,75 (+4,21%)
     
  • S&P500

    3.841,94
    +73,47 (+1,95%)
     
  • DOW JONES

    31.496,30
    +572,16 (+1,85%)
     
  • FTSE

    6.630,52
    -20,36 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    29.098,29
    -138,50 (-0,47%)
     
  • NIKKEI

    28.864,32
    -65,78 (-0,23%)
     
  • NASDAQ

    12.652,50
    +197,50 (+1,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7780
    -0,0079 (-0,12%)
     

Totvs dispara cerca 7% após Credit Suisse elevar para "outperform"

Paula Arend Laier
·1 minuto de leitura

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - As ações da Totvs avançavam cerca de 7% nesta terça-feira, entre as maiores altas do Ibovespa, ajudadas por comentários positivos de analistas do Credit Suisse, que elevaram a recomendação dos papéis para "outperform" e o preço-alvo para 35 reais, de 27 reais anteriormente.

"Nossa visão positiva se baseia no fato de que a Totvs está em uma posição forte para alavancar a venda cruzada de vários produtos para sua base de clientes de ERP", afirmaram Daniel Federle e Felipe Cheng, em relatório a clientes.

"Nesse sentido, ouvimos boas mensagens no LAIC (evento do banco com investidores na semana passada no qual a empresa participou), inclusive de que soluções como a plataforma de folha de pagamento e o painel financeiro estão recebendo um feedback muito bom dos clientes. Vemos ambas as soluções para impulsionar a originação de crédito."

Além disso, os analistas destacaram declaração da Totvs de que está totalmente focada em crescimento - mantendo a disciplina de custos - e que as fusões e aquisições complementares voltaram a ser uma prioridade.

Por volta de 10:30, as ações subiam 6,84%, a 30,30 reais, enquanto o Ibovespa avançava 0,9%.