Mercado fechado

Total vai patrocinar o Flamengo nos próximos dois anos

Rodrigo Polito

A marca terá visibilidade ao longo de 2020 em, pelo menos, seis competições O grupo francês Total firmou parceria com o Clube de Regatas do Flamengo, para ser patrocinadora oficial do time nos próximos dois anos, informou a companhia nesta quinta-feira.

O acordo foi firmado por meio das subsidiárias brasileiras Total Brasil Distribuidora e Total E&P do Brasil. O valor do negócio não foi informado.

Gabriel Jesus, do Flamengo, festeja título da Libertadores

Ernesto Arias/AP Foto

Segundo a Total, o acordo é válido em todos os campeonatos nacionais e internacionais que o Flamengo disputar nesse período. Como patrocinadora oficial do time, a Total terá visibilidade da marca ao longo de 2020 em, pelo menos, seis competições, entre estaduais, nacionais e internacionais.

Para Total, a parceria faz parte do plano de expansão da companhia no país.

Initial plugin text

Boa gestão faz a diferença

Campeão carioca, brasileiro e das Américas no ano passado, o Flamengo comprovou que arrumação financeira e boa gestão fazem a diferença no futebol.

O clube mudou sua gestão há seis anos, reduziu a dívida de R$ 750 milhões para R$ 460 milhões e conseguiu investir R$ 190 milhões em 2018, 760% mais que em 2014.

O sucesso financeiro do clube é resultado da reestruturação de dívidas e melhoria de gestão iniciadas em 2013, quando empresários flamenguistas tomaram as rédeas da gestão do clube. O Flamengo estava mergulhado em dívidas, praticamente quebrado. Foram seis anos de profissionalização.

Na última temporada, com as finanças em dia, o clube carioca pôde aplicar cerca de R$ 500 milhões no futebol, incluindo as aquisição, salários, além de outros despesas. O Flamengo contratou atletas como os atacantes Gabriel Barbosa, o Gabigol, e Bruno Henrique, os meias Gérson e Arrascaeta, laterais e zagueiros, além do técnico português Jorge Jesus.