Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.788,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    53.869,74
    -1.033,16 (-1,88%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

Torres de apoio em obras de barragens da Vale caem em Minas Gerais

·1 min de leitura
*** FOTO DE ARQUIVO *** BRUMADINHO, MG, 22.01.2020 - Vista aérea da lama do Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG). No próximo sábado, completa um ano da tragédia da Vale em Brumadinho. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)
*** FOTO DE ARQUIVO *** BRUMADINHO, MG, 22.01.2020 - Vista aérea da lama do Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG). No próximo sábado, completa um ano da tragédia da Vale em Brumadinho. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Duas torres do sistema preparatório para obras de descaracterização das barragens Forquilhas I e II, da Vale, tombaram na manhã desta sexta-feira (12) em Minas Gerais. Segundo a mineradora, não houve feridos e não havia trabalhadores no local no momento da queda.

A Vale também afirmou, em nota, que as torres não atingiram as barragens e que não houve alteração em suas condições de segurança. A empresa também disse que a área foi isolada e que os órgãos competentes foram informados.

"As barragens da empresa passam por inspeções rotineiras de campo e são monitoradas permanentemente por uma série de instrumentos e pelo Centro de Monitoramento Geotécnico (CMG)", complementou a mineradora.

Um dos motivos apontados para o ocorrido, segundo o UOL, seriam os fortes ventos que atingiram a região.

As barragens Forquilhas I e II, da Mina Fábrica, ficam entre as cidades de Ouro Preto e Itabirito, localizada no Colar Metropolitano de Belo Horizonte.

Ambas as barragens estão em nível 2 de emergência, o que significa que há uma anomalia com potencial comprometimento de segurança da estrutura, classificada como "não controlada" ou "não extinta", necessitando de novas inspeções especiais e intervenções.

Em nota, a Agência Nacional de Mineração afirmou que, junto aos órgãos de segurança, defesa e regulação do estado de Minas Gerais, realizou uma vistoria após o incidente para verificar a segurança das barragens. A agência confirmou que não houve vítimas ou rompimento das barragens.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos