Mercado abrirá em 7 h 19 min

Torcidas organizadas do Corinthians são punidas por confusão na final do Brasileirão Sub-20

Momento da confusão na final do Brasileirão Sub-20 (Foto: Fábio Lázaro/Lancepress)


A Camisa 12 e a Pavilhão Nove, duas das principais torcidas organizadas do Corinthians, anunciaram em suas redes sociais que foram punidas pelos incidentes durante o título do Palmeiras sobre o Timão no Brasileirão Sub-20, no domingo, e não poderão levar bandeiras e mastros na Neo Química neste sábado, contra o Cuiabá.

+ Balbuena assume o quarto lugar! Veja os defensores do Corinthians com mais gols na Arena

Na ocasião, após o apito final, jogadores palmeirenses acenaram para o camarote do Verdão, e os atletas corintianos entenderam como provocação aos torcedores alvinegros.

Um pequeno entrevero entre os atletas, dentro de campo, teve início, e os torcedores do Timão não gostaram da comemoração do Palmeiras no gramado. Alguns corintianos tentaram invadir o campo e iniciaram uma briga com a Polícia Militar, que conteve os ânimos, usando a força.

Com a liberação da Polícia Militar para a volta de mastros e bandeiras em estádios paulistanos após 26 anos, havia a expectativa que a Fiel levasse tais artefatos para o jogo deste sábado (1), contra o Cuiabá, pela 29ª rodada.

+ Veja tabela e simule as próximas rodadas do Brasileirão

Além de estar impedida de entrar na Neo Química Arena com mastros e bandeiras, a Pavilhão Nove também não poderá levar sua própria faixa para o estádio corintiano.

VEJA NOTAS EMITIDAS PELAS DUAS TORCIDAS ORGANIZADAS

CAMISA 12
Informamos que para esse sábado fomos penalizados, devido ao ocorrido na partida de domingo na Neoquimica Arena.

Desse modo não voltaremos com os mastros nesse jogo. Estamos tentando, junto com nosso corpo jurídico, para que nossa punição seja de apenas um jogo, pena mínima.

Aproveitamos para lamentar a agressão sofrida por diversos corinthianos na Arena em uma partida de categoria de base, onde, sequer houve invasão de campo, como divulgado pelos órgãos de imprensa, apenas troca de ofensas entre jogadores rivais e alguns corinthianos.

Por fim, pedimos aos nossos sócios que, tão logo pudermos tremular nossas bandeiras, que sejam responsáveis em suas ações nas arquibancadas, para que punições não recaiam sobre a entidade.


PAVILHÃO NOVE
Em comunicado oficial, esclarecemos a nossos associados que devido aos ocorridos de Domingo na final do Campeonato Brasileiro Sub-20, fomos punidos com a não autorização do nosso retorno com nossas bandeiras de mastro, e além das mesmas nossa faixa também está proibida de adentrar em nosso estádio.

Nossa diretoria e nosso corpo jurídico já está em contato com os responsáveis da autorização pela entrada, e aguarda resposta dos mesmos para esclarecimento exato do embasamento de nossa punição.

Aguardávamos ansiosos o retorno de nossos mastros, grande parte do nosso quadro de associados não presenciaram os mesmos em nossas arquibancadas, sentimos muito pela frustração de esse retorno ser adiado devido a nossa proibição sofrida.

GRÊMIO RECREATIVO CULTURAL SOCIAL BLOCO E TORCIDA C.D.PAVILHÃO NOVE