Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -635,14 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,13 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,78
    +0,49 (+0,70%)
     
  • OURO

    1.879,50
    -16,90 (-0,89%)
     
  • BTC-USD

    35.609,84
    -253,82 (-0,71%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,19
    -17,62 (-1,87%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,36 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,25 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    -9,83 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    13.992,75
    +33,00 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1926
    +0,0391 (+0,64%)
     

Torcida do Corinthians não perdoa goleada e eliminação na Sul-Americana: "Vexame"

·2 minuto de leitura

Depois de ganhar do Sport Huancayo na semana passada, o Corinthians ganhou uma sobrevida na Copa Sul-Americana. Mas esta condição, necessariamente, passava pela conquista de, no mínimo, um ponto frente ao Peñarol, no Uruguai, nesta quinta-feira. Aconteceu tudo o que não era possível. O Timão fracassou, foi goleado por 4 a 0 e, com isso, deus adeus às chances de classificação às oitavas de final do torneio.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

A equipe alvinegra se viu em maus lençóis muito cedo. Em 13 minutos, acompanhou o rival marcar duas vezes com Álvarez Martínez. Faltava atenção, faltava concentração. Os atletas, sim, pareciam perdidos, tanto que logo em seguida as chances dos donos da casa de ampliar ainda mais a vantagem se acumularam.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Com duas bolas na trave, o Corinthians até que tentou acordar e assustar, mas Canobbio e novamente Martínez precisaram de 23 minutos na etapa final para impor o fracasso ao rival. A torcida, claro, não perdoou. Tratou o resultado como vexame e criticou demais a apatia da equipe e o trabalho de quem comanda o clube. Nada fora do normal. Agora, é hora de se remontar de olho na semifinal do Paulistão. Se é que isso é possível.

Para mais notícias do Corinthians, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.