Mercado abrirá em 2 h 16 min
  • BOVESPA

    108.651,05
    +248,77 (+0,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.241,81
    -113,05 (-0,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,35
    -1,15 (-1,27%)
     
  • OURO

    1.809,10
    -3,20 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    23.042,45
    -349,45 (-1,49%)
     
  • CMC Crypto 200

    535,50
    -21,85 (-3,92%)
     
  • S&P500

    4.122,47
    -17,59 (-0,42%)
     
  • DOW JONES

    32.774,41
    -58,13 (-0,18%)
     
  • FTSE

    7.496,42
    +8,27 (+0,11%)
     
  • HANG SENG

    19.610,84
    -392,60 (-1,96%)
     
  • NIKKEI

    27.819,33
    -180,63 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    13.063,00
    +31,50 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2626
    +0,0299 (+0,57%)
     

Tor Bowser adiciona ferramenta para evitar censura e melhorar segurança

O Tor Project lançou o Tor Browser 11.5, uma versão atualizada do navegador voltada para evitar bloqueios e censura na internet. O navegador usa a rede The Onion Router (TOR) para oferecer anonimato e privacidade no acesso da web, além de ser a porta de entrada para a chamada "deep web".

Neste update, o navegador se concentrou em melhorar os mecanismos de proteção contra censura, principalmente em países autoritários ou em guerra. Esse é um processo que começou há cerca de um ano, na versão 10.5, mas segue firme como prioridade dos desenvolvedores em 2022.

O Tor pode se ligar à rede Onion de forma fácil com o assistente de conexão (Imagem: Reprodução/Project Tor)
O Tor pode se ligar à rede Onion de forma fácil com o assistente de conexão (Imagem: Reprodução/Project Tor)

O Tor Browser 11.5 vem com um recurso de fábrica chamado Connection Assist, que faz automaticamente a configuração de bridge para esconder a localização do usuário. Essa "ponte" é usada para criar conexões distintas que confundem o software de censura e as tentativas de identificação do usuário. Ao rastrear a origem de uma conexão, a pessoa encontrará pontes ligando vários países simultâneos, criando múltiplas camadas de proteção.

Segundo os desenvolvedores, a vantagem do assistente é a busca e conexão automática de opções específicas de cada país para camuflar melhor a sua localização. O programa consegue fazer esse ajuste sem precisar se conectar à rede Tor, graças a uma ferramenta chamada moat — a mesma usada para criar as pontes do domínio torproject.org.

O Connection Assist ainda está na sua primeira versão pública, portanto ainda tem bastante espaço para melhorias. A equipe do Tor pede que os usuários enviem comentários, relatórios de erro e sugestões de novidades para tornar a opção mais útil.

Somente HTTPS

O modo de forçar HTTPS chegou ao Tor Browser (Imagem: Reprodução/Project Tor)
O modo de forçar HTTPS chegou ao Tor Browser (Imagem: Reprodução/Project Tor)

Outro recurso que finalmente chega ao Tor 11.5 é o modo "Somente HTTPS" como o padrão. Esta é uma adição já existente nos principais navegadores do mercado, usado como ferramenta de segurança para evitar sites sem criptografia.

Quando ativado, o usuário só poderá trafegar informações para sites nos quais o servidor se comunique de modo cifrado, para que as informações não possam ser interceptadas por terceiros. Outra vantagem do HTTPS é para garantir a existência de certificados SSL e assim evitar a retransmissão maliciosa de informações pessoais.

A mudança deve dispensar o uso de extensões pelos usuários, como o HTTPS-Everywhere e outras soluções similares. O plugin não deve ser substituído de imediato no Android, já que a versão mobile ainda não implementou o "Somente HTTPS" com eficácia. Muitos bugs ainda existem no Tor para celular, mas os desenvolvedores prometem corrigir em breve.

Configurações simplificadas

As "pontes" podem ser renomeadas com emojis e estão acessíveis mais facilmente (Imagem: Reprodução/Project Tor)
As "pontes" podem ser renomeadas com emojis e estão acessíveis mais facilmente (Imagem: Reprodução/Project Tor)

Uma das maiores dificuldades de quem se aventura pela rede da cebola é a configuração do navegador. O Tor Browser 11.5 traz um menu de rede renovado e renomeado para "Configurações de conexão", o que deve facilitar para o usuário como ajustar coisas relacionadas à internet.

Esse reajuste chega como algo complementar ao assistente de conexão, com o foco em tornar o gerenciamento do programa mais fácil, mesmo para aqueles menos familiares com a rede Onion. Você poderá usar emojis para diferenciar cada bridge com mais eficácia.

Vale lembrar que o Tor Browser se conecta à web por meio de uma rede de multicamadas, portanto a velocidade de conexão costuma ser menor que nos navegadores tradicionais. Não é recomendado para as atividades corriqueiras do cotidiano, mas pode ser uma ótima solução para quem precisa burlar o controle de terceiros.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos