Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.575,47
    +348,47 (+0,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    41.674,30
    -738,20 (-1,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,52
    -0,19 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.783,10
    -22,40 (-1,24%)
     
  • BTC-USD

    18.040,66
    +272,60 (+1,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    333,27
    -4,23 (-1,25%)
     
  • S&P500

    3.638,35
    +8,70 (+0,24%)
     
  • DOW JONES

    29.910,37
    +37,87 (+0,13%)
     
  • FTSE

    6.367,58
    +4,65 (+0,07%)
     
  • HANG SENG

    26.894,68
    +75,28 (+0,28%)
     
  • NIKKEI

    26.644,71
    +107,41 (+0,40%)
     
  • NASDAQ

    12.273,25
    +121,00 (+1,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3922
    +0,0523 (+0,82%)
     

Tomorrow Holdings questiona decisão de reguladores de assumir suas instituições financeiras

·1 minuto de leitura

XANGAI (Reuters) - O conglomerado chinês Tomorrow Holdings questionou, neste sábado, as últimas medidas dos órgãos reguladores para assumir o controle de seus ativos financeiros.

O comunicado, publicado na conta oficial da empresa no WeChat, chega depois de reguladores chineses decidirem, no dia anterior, assumir o controle das instituições financeiras afiliadas do conglomerado, parte de uma campanha das autoridades para conter riscos financeiros sistêmicos em uma economia em desaceleração.

A Tomorrow Holdings disse que tem agido ativamente com venda de ativos e que até agora nenhuma de suas instituições financeiras passou por riscos de liquidez.

O grupo ainda acrescentou que reguladores têm tornado difícil a liquidação de ativos e que têm exagerado os riscos.

(Reportagem de Winni Zhou, Cheng Leng e Tony Munroe)