Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.853,30
    +1.932,69 (+1,61%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.252,15
    +317,24 (+0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,83
    +0,12 (+0,19%)
     
  • OURO

    1.832,80
    +17,10 (+0,94%)
     
  • BTC-USD

    57.843,72
    +1.871,85 (+3,34%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.495,55
    +59,77 (+4,16%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,00
    +117,25 (+0,86%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3572
    -0,0094 (-0,15%)
     

Token brasileiro da Binance Smart Chain vira número 1 no CoinMarketCap após queimar R$ 1,2 milhão

Paulo Alves
·2 minuto de leitura

O token DeFi brasileiro ZCore Finance (ZEFI) aparece na tarde desta terça-feira (4) em primeiro lugar no ranking de tendências do CoinMarketCap, o maior agregador do mercado cripto.

A ZEFI assumiu a liderança um dia depois de realizar a maior queima de tokens de sua história, de US$ 216.697,93, pouco menos de R$ 1,2 milhão na cotação atual da moeda americana.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O fundador do projeto, o brasileiro Erick Costa, atribui a façanha a várias novidades lançadas pelo projeto recentemente. Um deles é o Initial Farming Offering (IFO), uma oferta de farming DeFi de outra criptomoeda que usa a ZEFI como plataforma.

“A primeira IFO da ZCore Finance foi um sucesso e captou mais de um milhão de reais em tokens ZEFI que foram queimados como parte do sistema de queima constante do ativo. Como consequência, as buscas pelo token dispararam”.

A página do CoinMarketCap indica criptomoedas em ascensão e que merecem a atenção do investidor. A ZEFI soma 14,37% de valorização em 30 dias, 11% deles nas últimas 24 horas. Segundo o fundador, esta seria a primeira vez que um projeto brasileiro aparece em primeiro lugar no ranking do agregador adquirido pela Binance.

O projeto foi lançado em março na Binance Smart Chain (BSC) e já soma mais de US$ 6 milhões depositados em contratos de staking na plataforma. Os valores rendem recompensa em ZEFI, criptomoeda que tem emissão perpétua e usa de alguns mecanismos de queima para manter a demanda de compra.

Além do IFO, que abre vendas de tokens parceiros utilizando ZEFI que será queimado mais tarde, os brasileiros planejam lançar um cartão de criptomoedas que cobra uma taxa de depósito de 4% e reverte os valores para comprar e queimar o ZEFI.

Além da própria ZEFI, que não cobra taxas, usuários poderão usar diversos tokens da BSC para gastar no cartão em compras em estabelecimentos físicos. Inicialmente, BNB e a stablecoin BUSD serão algumas das compatíveis.

O cartão ZCore Finance Card está com pré-venda aberta para residentes no Brasil. A previsão de entrega é para o próximo mês. Já no segundo semestre, a equipe pretende disponibilizar uma versão internacional para outros mercados.

A ZEFI era negociada a US$ 1,63 no fechamento da matéria.

O artigo Token brasileiro da Binance Smart Chain vira número 1 no CoinMarketCap após queimar R$ 1,2 milhão foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.