Mercado fechado

Ministros do governo irlandês encerram confinamento

·1 minuto de leitura
Primeiro-ministro da Irlanda, Micheal Martin (esq.), participa de uma reunião com o presidente da Irlanda, Michael D. Higgins (dir.) em 27 de junho de 2020.
Primeiro-ministro da Irlanda, Micheal Martin (esq.), participa de uma reunião com o presidente da Irlanda, Michael D. Higgins (dir.) em 27 de junho de 2020.

Os integrantes do gabinete irlandês, ou seja, os ministros mais destacados do governo, confinaram-se nesta terça-feira brevemente, ante uma suspeita de coronavírus.

A decisão foi tomada depois que o ministro da Saúde, Stephen Donnelly, adoeceu na tarde desta terça-feira e pediu um teste de Covid-19.  "Pedimos a todos os ministros que limitem seus deslocamentos enquanto se aguarda o resultado deste teste", disse Michael Martin à rede de televisão pública RTE.

À noite, o resultado anunciado foi negativo, informou à AFP um porta-voz do Ministério da Saúde. "Todos os ministros e deputados retornarão ao trabalho amanhã", anunciou o vice-premier, Leo Varadkar, à RTE.

Nesta terça-feira, o ministro da Saúde apareceu ao lado de Michael Martin e de Leo Varadkar em entrevista coletiva anunciando novas restrições, que afetam a cidade de Dublin.

O confinamento dos ministros levou à suspensão da câmara baixa do parlamento irlandês. Seu presidente, Sean O Fearghai, explicou aos deputados que não seria "possível continuar a trabalhar" nestas condições.

A Irlanda, que registrou 1.787 mortes por Covid-19, luta contra o surgimento de novos casos da doença.

jts-cdu/fjb/bc/bl/cc/lb