Mercado abrirá em 6 h 40 min
  • BOVESPA

    106.924,18
    +1.236,18 (+1,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.579,90
    +270,60 (+0,55%)
     
  • PETROLEO CRU

    108,86
    -1,63 (-1,48%)
     
  • OURO

    1.803,80
    -4,40 (-0,24%)
     
  • BTC-USD

    29.903,22
    +139,79 (+0,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    671,30
    -9,80 (-1,44%)
     
  • S&P500

    4.023,89
    +93,81 (+2,39%)
     
  • DOW JONES

    32.196,66
    +466,36 (+1,47%)
     
  • FTSE

    7.418,15
    +184,81 (+2,55%)
     
  • HANG SENG

    19.945,28
    +46,51 (+0,23%)
     
  • NIKKEI

    26.549,86
    +122,21 (+0,46%)
     
  • NASDAQ

    12.298,00
    -84,75 (-0,68%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2537
    -0,0054 (-0,10%)
     

Todos os feitiços que Doutor Estranho já usou no MCU

A estreia de Doutor Estranho no Multiverso da Loucura nesta quinta-feira (5) marca o retorno do lado místico do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU, na sigla em inglês) que nos foi apresentado pela primeira vez em 2008 com um Mago Supremo ainda bastante desconhecido do público. E, de lá pra cá, muita coisa mudou.

Stephen Strange (Benedict Cumberbatch) não só se tornou um dos heróis mais conhecidos e populares do MCU como também um dos mais poderosos. Suas atuações em Vingadores e até mesmo em filmes como Thor: Ragnarok e Homem-Aranha: Sem Volta para Casa só mostram o quanto ele se tornou um pilar dentro do universo heroico: sempre que a coisa aperta, é ao feiticeiro que todo mundo recorre.

Já sabemos que vem feitiço novo por aí: uma serra mágica capaz de cortar um ônibus no meio (Imagem: Divulgação/Marvel Studios)
Já sabemos que vem feitiço novo por aí: uma serra mágica capaz de cortar um ônibus no meio (Imagem: Divulgação/Marvel Studios)

A diferença é que, no caso dos super-heróis, nunca é só uma simpatia, uma reza ou um benzimento capaz de resolver os problemas. Tanto que, nesses oito anos presente no MCU, o Doutor Estranho teve de apelar para diferentes tipos de feitiços, alguns bem poderosos e capazes de abalar — e arruinar — a própria realidade.

Só que, diferente de Harry Potter, o herói não costuma anunciar que magia vai usar em seguida, deixando tudo apenas no aspecto visual e sem muita explicação. Contudo, cada um desses feitiços tem uma contraparte nos quadrinhos, mostrando que, independentemente da mídia, o Mago Supremo segue respeitando as regras do mundo místico.

Conheça alguns dos feitiços usados pelo Doutor Estranho antes de ele tirar novos coelhos da cartola em Multiverso da Loucura.

Faixas Escarlates de Cyttorak

Um dos encantamentos mais tradicionais do Doutor Estranho nos quadrinhos já apareceu algumas vezes no MCU, embora nunca tenha sido nomeado como tal. Trata-se das Faixas Escarlates de Cyttorak, uma magia que ele usa justamente para imobilizar seus alvos.

As Faixas Escarlates de Cyttorak são tradicionais até nos quadrinhos e deram sufoco até pra Thanos (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)
As Faixas Escarlates de Cyttorak são tradicionais até nos quadrinhos e deram sufoco até pra Thanos (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)

A aparição mais icônica deste feitiço foi em Vingadores: Guerra Infinita, em que ele usa as faixas para imobilizar Thanos na luta em Titã. E trata-se de uma magia tão forte que até mesmo o vilão tem dificuldades de se desvencilhar dela. Além disso, elas já tinham aparecido no próprio filme do Doutor Estranho na luta contra Kaecilius (Mads Mikkelsen).

Um detalhe interessante não só nas Faixas Escarlates de Cyttorak como em praticamente todos os encantamentos do Mago Supremo é que elas são manifestações de algum demônio ou entidade de planos astrais que o herói consegue manipular. No caso, estamos falando do próprio Cyttorak, um ser interdimensional da Marvel que também dá poder ao vilão Fanático.

Runas de Kof-Kol

Um feitiço tão poderoso que é usado de forma leviana pelo Mago Supremo (Imagem: Divulgação/Sony Pictures)
Um feitiço tão poderoso que é usado de forma leviana pelo Mago Supremo (Imagem: Divulgação/Sony Pictures)

Um dos poucos feitiços que o Doutor Estranho apresenta para o público, as Runas de Kof-Kol são também as grandes responsáveis por tudo o que vimos em Homem-Aranha: Sem Volta para Casa. Só que, embora tenha quebrado a realidade e aberto as portas para o multiverso, o propósito original desse encantamento é um pouco mais simples.

Como o próprio Stephen Strange explica, é uma magia de esquecimento usada para mexer com as memórias de alguém. E é curioso que essa magia tão poderosa capaz de abalar com as estruturas do universo tenha sido usada pelo Doutor Estranho para fazer outros magos esquecerem de uma balada em Kamar-Taj.

Projeção Astral

Um dos recursos mais comuns usados não só pelo Doutor Estranho, mas também pelos outros magos é a projeção astral. De forma bem geral, é como se a alma do indivíduo se desprendesse do corpo físico e pudesse transitar livremente por aí — um conceito que algumas linhas esotéricas realmente abordam fora da ficção.

Estranho consegue também forçar outras pessoas a projetarem seus espíritos (Imagem: Divulgação/Sony Pictures)
Estranho consegue também forçar outras pessoas a projetarem seus espíritos (Imagem: Divulgação/Sony Pictures)

No primeiro Doutor Estranho, esse tipo de magia é usado à exaustão tanto pelo herói quanto pela Anciã (Tilda Swinton) e, em Sem Volta para Casa, vemos até o Homem-Aranha ter a sua alma arrancada — mas sem perder seu sentido aranha.

Portais

Outro feitiço bastante conhecido do MCU são os portais. Eles servem de atalho de um ponto a outro do universo e foram usados à exaustão pelo Doutor Estranho para se locomover e também em algumas batalhas. E o momento mais icônico, é claro, é quando centenas de portais são abertos na luta final de Vingadores: Ultimato para levar todos os heróis ao campo de batalha para enfrentar as tropas de Thanos.

Essa cena é de arrepiar até hoje (Imagem: Divulgação/Marvel Studios)
Essa cena é de arrepiar até hoje (Imagem: Divulgação/Marvel Studios)

O engraçado é que, no primeiro Doutor Estranho, é explicado que não é tão simples usar esse tipo de magia e o próprio Stephen sofre até conseguir o seu primeiro portal. Contudo, em Homem-Aranha: Sem Volta para Casa, Ned (Jacob Batalon) faz isso com certa facilidade.

Imagens de Ikonn

Um dos encantamentos mais legais do Doutor Estranho é aquele em que ele se multiplica. E isso é feito de várias maneiras, seja criando réplicas suas que servem tanto para confundir o adversário quanto para atacar o oponente — bem ao estilo Naruto —, como também criando aquele efeito incrível do herói com dezenas de braços.

Dimensão Espelhada

Esse é outro feitiço bastante utilizado pelo herói. É quase como se ele criasse uma realidade em miniatura em que ele tivesse total controle sobre o que acontece — o que é comumente usado para criar esse efeito espelhado, distorcendo prédios e virando tudo de cabeça para baixo.

As aparições mais memoráveis dessa dimensão foram no primeiro Doutor Estranho e também em Homem-Aranha: Sem Volta para Casa, quando o Mago Supremo criou essa realidade paralela para evitar que o confronto afetasse os civis.

Parece Inception, mas é a Dimensão Espelhada (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)
Parece Inception, mas é a Dimensão Espelhada (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)

Raio de Balthakk

Um dos ataques mais poderosos do Doutor Estranho é o Raio de Balthakk, habilidade que ele pega emprestado de uma das grandes entidades místicas da Marvel. É uma espécie de rajada de energia que o feiticeiro dispara contra seus inimigos e, por isso mesmo, é uma de suas principais forças ofensivas.

Esse feitiço é basicamente o Hadouken do Doutor Estranho (Imagem: Divulgação/Marvel Studios)
Esse feitiço é basicamente o Hadouken do Doutor Estranho (Imagem: Divulgação/Marvel Studios)

Como muitos de seus encantamentos, o feitiço apareceu em Vingadores: Guerra Infinita na luta contra Thanos em Titã e foi uma das poucas investidas que afetou o vilão.

Ventos de Watoomb

No começo de Guerra Infinita, quando a Ordem Negra aparece na Terra pela primeira vez, o Doutor Estranho usa um feitiço em que controla uma rajada de vento que afasta parte da confusão causada pelos lacaios de Thanos. Pois esse feitiço nada mais é do que os Ventos de Watoomb.

Digamos que esse não é o feitiço com o visual mais marcante (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)
Digamos que esse não é o feitiço com o visual mais marcante (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)

Em linhas gerais, é como se ele comandasse uma dimensão própria dessas tempestades e a manipulasse à sua vontade para fazer com que essas rajadas façam exatamente o que ele quer.

Mandalas de Tao

Praticamente metade das imagens promocionais envolvendo o Doutor Estranho trazem as Mandalas de Tao em destaque. São aqueles círculos dourados que o mago projeta em frente às suas mãos que servem tanto como ferramenta de proteção quanto uma arma de ataque.

Além de muito úteis, as mandalinhas também são muito estilosas (Imagem: Divulgação/Marvel Studios)
Além de muito úteis, as mandalinhas também são muito estilosas (Imagem: Divulgação/Marvel Studios)

É um feitiço bem comum usado pelo herói, mas que já se provou nõa ser lá muito poderoso. Tanto que ele não ajudou muito a conter Thanos, sendo muito mais útil na hora de lidar com problemas menos apocalípticos.

Escudo do Serafim

Falando em proteção, o Escudo do Serafim é o feitiço que realmente salva a vida do Doutor Estranho na hora do aperto. E é literalmente um enorme escudo mágico que ele conjura à sua frente — quase como se fosse uma versão maior das Mandalas de Tao. Em Alguns casos, ela aparece também como uma redoma à sua volta.

Os Escudos de Seraphim foram o que salvaram os heróis na primeira luta contra Thanos em Titã (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)
Os Escudos de Seraphim foram o que salvaram os heróis na primeira luta contra Thanos em Titã (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)

A diferença é que esse é um encantamento tão poderoso que nunca vimos o herói usando sozinho, mas sempre em conjunto com outros feiticeiros. Tanto que ele aparece só quando o Fauce de Ébano, um dos lacaios de Thanos, começa a arremessar objetos contra os heróis e Strange precisa da ajuda de Wong para invocar a magia. Algo parecido acontece em Vingadores: Ultimato.

Galhos Congelantes de Ikthalon

na grande batalha final de Ultimato, o Doutor Estranho usa um encantamento que imobiliza diversos soldados de Thanos com rajadas de energia que saem do chão e prendem os inimigos no ar, quase como se fossem galhos ou mesmo cipós de energia. Pois são os Galhos Congelantes de Ikthalon, outro poder que o herói pega emprestado de uma entidade mística.

Nos filmes, o feitiço nunca apareceu com muito destaque, servindo apenas para conter multidão (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)
Nos filmes, o feitiço nunca apareceu com muito destaque, servindo apenas para conter multidão (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)

No MCU, esse feitiço aparece apenas nesse momento, mas ele é comumente usado nos quadrinhos e com um efeito um pouco diferente: além de segurar o oponente, a magia ainda congela seu alvo.

Magia de Eldritch

Para proteger a Joia do Infinito dentro do Olho de Agamotto, o Doutor Estranho lança mão de um feitiço de proteção extremamente poderoso. E o próprio herói explica que a Magia de Eldritch é um encantamento simples, mas inquebrável.

Um selo de proteção nunca faz mal a ninguém — só a quem tenta violá-lo (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)
Um selo de proteção nunca faz mal a ninguém — só a quem tenta violá-lo (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)

E o seu funcionamento serve justamente para repelir ladrões. Tanto que, quando a Ordem Negra consegue pegar o amuleto, o vilão Fauce de Ébano se queima quando tenta abrir o Olho de Agamotto para alcançar a joia.

Truques menores

Além desses encantamentos mais elaborados, o Doutor Estranho já utilizou outras habilidades mágicas ao longo desses oito anos que, embora não tenham nomes e grandes conjurações, se mostraram bastante úteis ou minimamente curiosos.

O controle temporal é mais uma habilidade da joia do que um feitiço em si, mas entra para a conta do herói (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)
O controle temporal é mais uma habilidade da joia do que um feitiço em si, mas entra para a conta do herói (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)

É o caso do próprio controle do tempo. Isso é muito explorado no primeiro Doutor Estranho, quando o herói usa a Joia do Tempo presente no Olho de Agamotto para encarar o demônio Dormammu e vencê-lo na base da chatice, criando um looping temporal que quase levou a entidade à loucura.

Outro feitiço menor é a criação de matéria. É o tipo de coisa que, se você pensar muito, soa como algo muito poderoso, mas que a Marvel prefere usar apenas para fazer piada para evitar criar situações que vão complicá-la no futuro. Assim, isso se limita ao Mago Supremo materializando cerveja na caneca do Thor. Mais fácil explicar a piada do que justificar como o herói ganhou poderes de um deus.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos