Mercado abrirá em 8 h 14 min
  • BOVESPA

    112.282,28
    +2.032,55 (+1,84%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.338,34
    +510,21 (+1,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,33
    +0,10 (+0,14%)
     
  • OURO

    1.764,30
    -14,50 (-0,82%)
     
  • BTC-USD

    44.186,85
    +2.214,34 (+5,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.110,94
    +70,46 (+6,77%)
     
  • S&P500

    4.395,64
    +41,45 (+0,95%)
     
  • DOW JONES

    34.258,32
    +338,48 (+1,00%)
     
  • FTSE

    7.083,37
    +102,39 (+1,47%)
     
  • HANG SENG

    24.388,52
    +166,98 (+0,69%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.189,75
    +26,25 (+0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2148
    +0,0060 (+0,10%)
     

Tivit vai investir R$200 mi em computação em nuvem até 2025

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - A empresa brasileira de tecnologia Tivit vai investir 200 milhões de reais em computação em nuvem até 2025, impulsionada pela forte demanda pelo serviço que pegou carona nas medidas de isolamento social.

A área de computação em nuvem se tornou a principal linha de negócios da companhia no primeiro semestre e deve receber investimento de 60 milhões de reais neste ano para uso em áreas como integração de tecnologia e desenvolvimento de produtos, informou a companhia. A unidade de negócios teve crescimento de 24% na receita desde o início da pandemia, informou a Tivit sem detalhar.

O foco da empresa este ano é sobre o setor financeiro. "Percebemos um movimento muito grande das instituições financeiras mais tradicionais com a migração de serviços para canais online ou com o lançamento de produtos nativamente digitais, além do crescimento das fintechs", disse em comunicado, o diretor executivo da área de soluções de computação em nuvem da Tivit, André Frederico.

"Toda a regulamentação que favorece os serviços de open banking impulsiona a adoção da nuvem", acrescentou, se referindo ao sistema sendo implementado pelo Banco Central que dá aos clientes poder sobre compartilhamento de dados bancários e de escolha sobre transações, para elevar a concorrência.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos