Mercado fechado
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.093,88 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,94 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,17
    +0,26 (+0,36%)
     
  • OURO

    1.802,10
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    33.825,32
    +1.309,16 (+4,03%)
     
  • CMC Crypto 200

    786,33
    -7,40 (-0,93%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,20 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,86 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.091,25
    +162,75 (+1,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1216
    +0,0014 (+0,02%)
     

Tite é uma 'máquina de ganhar', diz jornal argentino

·1 minuto de leitura

O bom desempenho da Seleção Brasileira é notícia até em território "rival". Após a tranquila goleada por 4 a 0 do Brasil sobre o peru, pela Copa América, o técnico Tite foi classificado como “uma máquina de ganhar”, pelo jornal argentino "Olé".

"O treinador transformou seu elenco em uma máquina de ganhar, e seus números com a seleção são impressionantes. O Brasil perdeu apenas quatro vezes com ele no banco", destaca o periódico, que detalha os quatro únicos revéses de Tite.

A reportagem destacou os convincentes números do treinador, que ocupa o cargo desde 2016. O texto menciona que a última derrota de Tite foi contra a Bélgica, na Copa do Mundo de 2018. O saldo de gols foi tido como "surpreendente": 127 feitos e 22 sofridos.

Com 56 partidas no histórico, o técnico obteve 43 vitórias, nove empates e quatro derrotas. A Seleção volta a campo contra a Colômbia, na próxima quarta-feira, 23, pela 3ª rodada da Copa América.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos