Mercado fechará em 53 mins
  • BOVESPA

    106.176,19
    -2.613,14 (-2,40%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.215,26
    -1.248,77 (-2,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    109,03
    -3,37 (-3,00%)
     
  • OURO

    1.817,50
    -1,40 (-0,08%)
     
  • BTC-USD

    29.293,99
    -580,46 (-1,94%)
     
  • CMC Crypto 200

    654,55
    -16,13 (-2,40%)
     
  • S&P500

    3.930,79
    -158,06 (-3,87%)
     
  • DOW JONES

    31.523,74
    -1.130,85 (-3,46%)
     
  • FTSE

    7.438,09
    -80,26 (-1,07%)
     
  • HANG SENG

    20.644,28
    +41,76 (+0,20%)
     
  • NIKKEI

    26.911,20
    +251,45 (+0,94%)
     
  • NASDAQ

    11.940,25
    -620,00 (-4,94%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2208
    +0,0104 (+0,20%)
     

Time brasileiro de games embarca em criptomoedas e NFT

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O time brasileiro de eSports Mibr vai entrar no universo das criptomoedas e emitir séries de NFTs para fãs dos games.

O movimento acontecerá após o anúncio, nesta quinta (5), de uma parceria com a corretora de criptomoedas Bybit, que vai patrocinar os sete times do Mibr pelos próximos três anos.

Na semana passada, a empresa sediada em Dubai anunciou um investimento de US$ 50 milhões (R$ 250,8 milhões) no Brasil.

Segundo Roberta Coelho, CEO do Mibr, o assunto ainda é novo no mundo dos games. Ela diz que a ideia é criar conteúdos educativos e experiências sobre criptomoedas para os seguidores da marca, que ultrapassam 4 milhões em plataformas da internet.

Os dois times femininos do Mibr e a presença de mulheres nos games também devem estar no foco da parceria com a Bybit, segundo Coelho.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos