Mercado abrirá em 5 h 53 min

Tim Cook não gosta de supor “o que Steve Jobs teria feito”

Tim Cook: executivo diz que ensinamentos de Jobs permeiam todas criações da empresa (CHRIS TUITE/AFP via Getty Images)
Tim Cook: executivo diz que ensinamentos de Jobs permeiam todas criações da empresa (CHRIS TUITE/AFP via Getty Images)
  • Influência do fundador da Apple podem ser observados nos produtos da empresa;

  • Fala foi dita em uma roda de conversa entre Tim Cook, Jony Ive e Laurene Powell Jobs;

  • "Ele queria mudar o mundo", disse Cook sobre Jobs.

O atual CEO da Apple, Tim Cook, se uniu com Laurene Powell Jobs, viúva de Steve Jobs e fundadora da Emmerson Collective e com Jony Ive, ex-chefe de design da empresa e responsável pela aparência dos primeiros iPhones na última quarta (07), onde discutiram as influências que ainda recebem de Jobs.

A reunião, um tanto quanto informal, aconteceu durante a Code Conference 2022, para onde o executivo se dirigiu após o evento de lançamento do iPhone 14, na cidade de Los Angeles.

Na conversa, Tim Cook afirmou que não gosta quando os fãs e críticos perguntam "O que Steve Jobs teria feito?". Para ele, as suposições sobre que caminhos Jobs teria tomado com a Apple e seus produtos são inúteis. Cook destacou que, apesar de não estar mais entre nós, o fundador da Apple foi um grande professor para os três, e tudo que fazem hoje tem a marca de Jobs.

"Nós não sentamos e dizemos “O que Steve faria?”, ele nos disse para não fazer isso. Mas a realidade é que ele foi o melhor professor que eu já tive, de longe. Esses ensinamentos vivem, não apenas em mim, mas também em um monte de pessoas que estão lá (na Apple)", afirmou o atual CEO.

Outro ponto de destaque foi quando o jornalista Walt Mossberg, criador da Code Conference, perguntou sobre as ações da Apple, se eles acreditam que Jobs estaria preocupado com o valor. A Apple é a primeira e única empresa a atingir a marca dos US$ 3 trilhões em valor de mercado.

Mossberg detalhou ainda que, em todas suas conversas com Jobs, o fundador nunca mencionou o mercado de ações, o que o faz suspeitar que ele de fato não desse importância para o setor, ainda que se preocupasse com a receita da empresa.

Cook respondeu que em sua opinião Jobs não dava muita importância para o preço do papel da empresa. "Ele queria mudar o mundo. Isso não é falar de marketing. Isso é o que realmente o impulsionou. Ele viu o sucesso da empresa apenas como fazer as coisas certas. Ele se concentrou nos insumos. Certificando-se de que os produtos eram os melhores."