Mercado abrirá em 2 h 43 min
  • BOVESPA

    120.294,68
    +997,55 (+0,84%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.329,84
    +826,13 (+1,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    62,85
    -0,30 (-0,48%)
     
  • OURO

    1.747,00
    +10,70 (+0,62%)
     
  • BTC-USD

    62.721,14
    -1.160,61 (-1,82%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.370,39
    -5,38 (-0,39%)
     
  • S&P500

    4.124,66
    -16,93 (-0,41%)
     
  • DOW JONES

    33.730,89
    +53,62 (+0,16%)
     
  • FTSE

    6.959,26
    +19,68 (+0,28%)
     
  • HANG SENG

    28.793,14
    -107,69 (-0,37%)
     
  • NIKKEI

    29.642,69
    +21,70 (+0,07%)
     
  • NASDAQ

    13.870,00
    +71,25 (+0,52%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7688
    -0,0041 (-0,06%)
     

TikTok vai obrigar usuário a aceitar anúncios personalizados no aplicativo

Alveni Lisboa
·1 minuto de leitura

O TikTok deve implantar uma nova política de anúncios personalizados obrigatórios. A partir de 15 de abril, o usuário voltará a receber anúncios com base no tipo de conteúdo com o qual engaja, mesmo que tenha desativado a opção nas configurações da rede. O app possui uma opção que permite escolher se a publicidade deve ser geral ou vinculada à sua atividade.

Os usuários já estão recendo notificações sobre a novidade. Os anúncios personalizados são mostrados com base no que cada um gosta de assistir e interagir, e os anunciantes podem usar esses dados para direcionar produtos e serviços a pessoas com maior propensão de compra.

Aviso que começa a ser mostrado aos usuários da rede social (Imagem: Reprodução/TikTok)
Aviso que começa a ser mostrado aos usuários da rede social (Imagem: Reprodução/TikTok)

Segundo a empresa, as pessoas ainda serão capazes de controlar se o TikTok personaliza anúncios com base em dados extraídos de outros aplicativos e sites parceiros. A mudança nas configurações de privacidade reflete a forma como os anúncios já operam em outras redes sociais, como o Twitter, Facebook e Instagram.

Adaptação ao novo sistema da Apple

A novidade pode estar relacionada ao lançamento do iOS 14 da Apple, que exigirá que os desenvolvedores obtenham permissão para rastrear dados orientados à publicidade direcionada. Qualquer aplicativo que não solicitar isso poderá ser suspenso ou removido da App Store.

Portanto, tornar os anúncios obrigatórios garante à rede social o direito de manter seu modelo de receita, afinal muitos usuários poderiam optar por sair do rastreamento se fossem questionados a respeito desse tipo de interação.

O que você acha desta decisão? Isso poderia afetar a imagem do app? Comente.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: