Mercado fechado

TikTok impõe restrições em anúncios de emagrecimento para combater gordofobia

Ramon de Souza
·2 minutos de leitura

O TikTok anunciou nesta quarta-feira (23) uma série de novas regras que restringem a veiculação de anúncios de aplicativos e suprimentos de emagrecimento dentro da plataforma. Segundo o comunicado oficial da rede social, o objetivo das normas é criar um ambiente mais saudável e que favoreça a positividade corporal, eliminando conteúdos que possam ser tóxicos e/ou discriminatórios para determinados públicos.

“Como sociedade, o estigma do peso e a vergonha do corpo representam desafios individuais e culturais, e sabemos que a internet, se não for controlada, corre o risco de agravar esses problemas. É por isso que estamos focados em trabalhar para proteger nossa comunidade de conteúdos e comportamentos prejudiciais, ao mesmo tempo em que apoiamos um ambiente inclusivo — e positivo para o corpo”, explica.

“Estamos introduzindo novas políticas de anúncios para combater alegações problemáticas e exageradas em produtos de dieta e perda de peso e colocando restrições mais fortes às alegações de perda de peso e referências à imagem corporal”, afirma a companhia. Mesmo disseminando tais produtos de forma “positiva”, os anunciantes terão que cumprir uma série de regras, como não direcionar a publicidade para menores de 18 anos.

Por fim, a marca também firmou uma parceria com a Associação Nacional de Distúrbios Alimentares dos Estados Unidos (NEDA, no original em inglês), redirecionando usuários diretamente para as centrais de atendimento da ONG caso eles registrem buscas por termos ou hashtags consideradas “perigosas”.

“Nos sentimos encorajados ao ver uma plataforma proeminente como o TikTok juntar-se ao movimento para acabar com o ódio ao peso e desafiar a gordofobia. O estigma de peso foi documentado como um fator de risco significativo para depressão, insatisfação corporal e baixa autoestima”, declarou Claire Mysko, CEO da NEDA.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: