Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.296,18
    -1.438,83 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    -130,39 (-0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,98
    +1,48 (+1,79%)
     
  • OURO

    1.793,10
    +11,20 (+0,63%)
     
  • BTC-USD

    61.030,43
    -149,73 (-0,24%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,34
    -49,69 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,94 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.204,55
    +14,25 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    26.126,93
    +109,40 (+0,42%)
     
  • NIKKEI

    28.804,85
    +96,27 (+0,34%)
     
  • NASDAQ

    15.324,00
    -154,75 (-1,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5808
    -0,0002 (-0,00%)
     

TikTok celebra marca histórica impressionante de usuários ativos na plataforma

·2 minuto de leitura

O TikTok atingiu um novo marco histórico ao ultrapassar a marca de um bilhão de usuários ativos por mês em todo o mundo. O popular aplicativo de vídeos curtos compartilhou a notícia no blog oficial e no perfil oficial da companhia no Twitter.

Segundo a rede social, essas pessoas, dos mais diversos locais do planeta, vêm ao TikTok todos os meses para se divertir, aprender, rir ou descobrir algo novo. A plataforma chinesa afirma estar honrada em ser o lar de uma "comunidade imensamente diversificada" que engloba usuários comuns, empreendedores, artistas e criadores de conteúdo.

Com esse marco alcançado, a mídia chega ao mesmo patamar dos bilhões do Instagram (1,386 bilhões) e do Facebook (2,853 bilhões), conforme dados da DataReportal. Estima-se que existam 4,48 bilhões de pessoas inscritas em mídias sociais no planeta, o que equivale a cerca de 57% da população mundial.

Embora seja expressivo, este resultado não chega a ser surpreendente, tendo em vista a trajetória constante de sucesso. Cada vez mais influenciadores digitais surgem na rede e fazem sucesso fora dela.

Além disso, a rede conta com um programa de monetização para remunerar a produção de vídeos exclusivos, os espectadores e novos usuários da rede. Esse conjunto de fatores, associado a um intenso processo de criação de materiais pelos usuários, tem atraído a atenção até de quem torcia o nariz no início.

@tiktok

✨ 1 billion✨ people on TikTok! Thank you to our global community 🎉

♬ original sound - TikTok

TikTok no topo

Os últimos levantamentos feitos por empresas como a App Annie e o site Nikkei apontaram o aplicativo como o mais baixado em todo o planeta em 2020 e no primeiro semestre de 2021. Em julho, o aplicativo alcançou o memorável marco de 3 bilhões de downloads: foi a primeira vez que um app de fora do ecossistema do Facebook atingiu tamanha quantidade de transferências.

Dados de abril de 2021 já mostravam o desempenho do TikTok (Imagem: Reprodução/App Annie)
Dados de abril de 2021 já mostravam o desempenho do TikTok (Imagem: Reprodução/App Annie)

No primeiro semestre de 2021, a rede social chinesa foi o app não catalogado como “jogo” mais baixado do planeta — com 383 milhões de instalações —, e acumulou cerca de US$ 919,2 milhões (R$ 4,5 bilhões) em receita de gastos pelo consumidor.

Todo esse sucesso fez com que o Instagram, com o Reels, e o Snapchat, com o Spotlight, lançassem suas próprias plataformas dedicadas aos vídeos curtos. O próprio Google embarcou na onda ao acrescentar o Shorts ao ecossistema do YouTube, já com interesse de abocanhar uma fatia desse mercado que cresce exponencialmente.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos