Mercado fechará em 1 h 4 min
  • BOVESPA

    100.197,70
    -819,26 (-0,81%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    37.929,14
    -316,72 (-0,83%)
     
  • PETROLEO CRU

    39,63
    +1,07 (+2,77%)
     
  • OURO

    1.913,20
    +7,50 (+0,39%)
     
  • BTC-USD

    13.684,95
    +577,72 (+4,41%)
     
  • CMC Crypto 200

    271,49
    +10,20 (+3,90%)
     
  • S&P500

    3.404,96
    +3,99 (+0,12%)
     
  • DOW JONES

    27.616,01
    -69,37 (-0,25%)
     
  • FTSE

    5.728,99
    -63,02 (-1,09%)
     
  • HANG SENG

    24.787,19
    -131,59 (-0,53%)
     
  • NIKKEI

    23.485,80
    -8,54 (-0,04%)
     
  • NASDAQ

    11.597,50
    +105,25 (+0,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6907
    +0,0502 (+0,76%)
     

Three Gorges pode vender fatia de US$ 4 bi no exterior: Fontes

Bloomberg News
·2 minutos de leitura

(Bloomberg) -- A China Three Gorges estuda a venda de uma participação de até US$ 4 bilhões no portfólio de ativos no exterior da estatal, segundo pessoas com conhecimento do assunto.

A gigante de energia abordou fundos soberanos - incluindo o GIC, de Cingapura, e a China Investment Corp. (CIC) - sobre a possível aquisição de uma participação minoritária equivalente entre 10% e 20% dos ativos internacionais da China Three Gorges, disseram as pessoas, que não quiseram ser identificadas.

A decisão de vender uma participação segue a reorganização dos ativos no exterior da empresa em uma unidade separada, segundo reportagem da Bloomberg News em dezembro passado. A China Three Gorges tem trabalhado com assessores para criar uma empresa para englobar os ativos internacionais e atrair investidores estratégicos, disseram as pessoas.

O portfólio total no exterior pode ser avaliado em até US$ 20 bilhões, disseram as pessoas. A empresa pode considerar listar a unidade ou alguns dos ativos posteriormente, disseram.

O tamanho da participação acionária ainda pode mudar, dependendo dos ativos finalmente incluídos no acordo, disseram as fontes. Os planos ainda estão em andamento e nenhuma decisão final foi tomada, disseram.

A venda de uma participação minoritária ajudaria a empresa a reduzir dívidas e a responder aos pedidos do governo chinês para que estatais implementem uma reforma de propriedade mista, uma política destinada a aumentar a eficiência e competitividade dessas empresas.

As conversas avançam lentamente devido a fatores como o impacto das graves inundações na região sul do país, onde mais de 2 milhões de pessoas foram deslocadas ao longo do rio Yangtze, e os desafios da pandemia de coronavírus, disseram as pessoas.

Representantes da CIC e do GIC não comentaram imediatamente o assunto. Um representante da China Three Gorges não respondeu a ligações e e-mails com pedido de comentários.

A China Three Gorges embarcou em uma onda de compras de ativos estrangeiros na última década, em meio aos incentivos do governo de Pequim para investimentos no setor de energia global. A empresa comprou quase US$ 14 bilhões em ativos da Europa à América Latina na última década, segundo dados compilados pela Bloomberg.

A estatal surge como a principal candidata para a compra dos ativos de parques solares espanhóis controlados pela X-Elio Energy, no que seria uma das poucas aquisições chinesas na Europa por enquanto neste ano, segundo reportagem da Bloomberg News neste mês.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.