Mercado fechado

Tether, não Bitcoin, seria moeda digital mais usada do mundo

Olga Kharif
Bitcoin tem sucumbido junto com a economia (Foto: Getty Images)

Qual a criptomoeda mais usada do mundo? Se sua resposta for Bitcoin, que representa cerca de 70% de todo o valor de mercado global de ativos digitais, provavelmente está errada.

SIGA O YAHOO FINANÇAS NO INSTAGRAM

Embora números concretos sobre volumes de negociação sejam difíceis de encontrar neste canto obscuro das finanças, dados da CoinMarketCap.com mostram que o token com o maior volume diário e mensal de negociação é o Tether, cuja capitalização de mercado é 30 vezes menor. O volume do Tether superou o do Bitcoin pela primeira vez em abril e tem consistentemente sido maior desde o início de agosto em cerca de US$ 21 bilhões por dia, segundo o provedor de dados.

Leia também

Como o volume mensal de negociação do Tether é cerca de 18% maior que o do Bitcoin, o token é, sem dúvida, a moeda mais importante no ecossistema das criptomoedas. O Tether também é uma das principais razões pelas quais os reguladores veem as criptomoedas com cautela e colocaram barreiras aos fundos negociados em bolsa com moedas digitais devido à preocupação com a manipulação do mercado.

“Se não houver Tether, perderemos uma quantidade enorme de volume diário, cerca de US$ 1 bilhão ou mais, dependendo da fonte de dados”, disse Lex Sokolin, codiretor de tecnologia financeira global da ConsenSys, que oferece tecnologia blockchain. “Alguns dos possíveis padrões de negociação no mercado podem começar a ruir.”

O Tether é a “stablecoin”, ou moeda estável, mais usada no mundo, uma categoria de tokens que procura evitar flutuações de preço. É também um caminho para a maioria dos traders ativos do mundo no mercado de criptomoedas. Em países como a China, onde as trocas de criptomoedas são proibidas, as pessoas podem pagar em dinheiro para obter Tethers com poucas perguntas, de acordo com Sokolin. A partir daí, podem trocar Tethers por Bitcoins e outras criptomoedas, disse.

“Para muitas pessoas na Ásia, elas gostam da ideia de que é uma coisa opaca e fora do alcance do governo dos EUA”, disse Jeremy Allaire, CEO da Circle, que apoia uma moeda estável rival chamada USD Coin. “É um recurso, não um problema.”

A plataforma Tether, que enfrenta processo em Nova York por supostas irregularidades, diz que é necessário usar um formulário de cadastro do cliente e um processo de aprovação para emitir e resgatar a moeda.

Traders asiáticos respondem por cerca de 70% de todo o volume de negociação de criptomoedas, de acordo com Allaire, e o Tether foi usado em 40% e 80% de todas as transações em duas das principais bolsas do mundo, Binance e Huobi, respectivamente, disse a Coin Metrics no início do ano.