Mercado abrirá em 3 h 5 min

Teste Covid poderia ser implementado até setembro, diz Heathrow

Charlotte Ryan

(Bloomberg) -- O aeroporto de Londres Heathrow planeja começar a realizar testes para a Covid-19 em passageiros que chegam à cidade até setembro, caso consiga a aprovação oficial do Reino Unido para a medida.

Houve mais engajamento do governo sobre os testes nos últimos dias, disse o diretor-presidente do Heathrow, John Holland-Kaye, em entrevista. A possibilidade de o Reino Unido impor quarentenas para pessoas de outros países além da Espanha ajudou a dinamizar a discussão, disse.

As mudanças nas restrições têm atrasado o retorno das viagens aéreas no aeroporto mais movimentado da Europa, pois o vírus avança nos principais destinos de verão, como a Catalunha, na Espanha. No início do mês, o aeroporto de Heathrow disse que queria experimentar um procedimento de teste que permitisse reduzir o período de isolamento, mas a proposta ainda não ganhou apoio do Reino Unido.

A rapidez para o início do programa depende do governo, mas poderia estar em operação até setembro caso seja aprovado, segundo o CEO do aeroporto.

“Pode ser tarde demais para turistas que saem do Reino Unido, mas pode ser um bom momento para empresas e estudantes”, disse Holland-Kaye. “Há um mercado de viagens de entrada bastante forte em setembro.”

Testes

Heathrow propõe um serviço de teste privado conduzido por enfermeiros do Collinson Group em uma instalação administrada pela empresa de serviços terrestres em aeroportos Swissport International. Os testes custariam cerca de 150 libras.

Os passageiros provavelmente seriam testados na chegada ao aeroporto e, em seguida, realizariam um segundo teste para confirmar um resultado negativo após cinco ou oito dias, por isso um período significativo de quarentena ainda seria necessário. Holland-Kaye disse que o aeroporto estuda como reduzir o tempo entre o primeiro e o segundo teste após a fase piloto, bem como alternativas mais baratas.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.