Mercado fechará em 2 h 56 min
  • BOVESPA

    109.720,04
    -412,49 (-0,37%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    41.999,62
    -200,97 (-0,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,05
    -0,66 (-1,44%)
     
  • OURO

    1.812,90
    +1,70 (+0,09%)
     
  • BTC-USD

    16.923,07
    -1.056,11 (-5,87%)
     
  • CMC Crypto 200

    330,45
    -40,06 (-10,81%)
     
  • S&P500

    3.629,65
    -5,76 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    29.872,47
    -173,77 (-0,58%)
     
  • FTSE

    6.360,42
    -30,67 (-0,48%)
     
  • HANG SENG

    26.819,45
    +149,70 (+0,56%)
     
  • NIKKEI

    26.537,31
    +240,45 (+0,91%)
     
  • NASDAQ

    12.189,25
    +37,00 (+0,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3198
    -0,0179 (-0,28%)
     

Tesla, Uber e outras empresas criam grupo de lobby para acelerar indústria de elétricos nos EUA

Por David Shepardson
·1 minuto de leitura

Por David Shepardson

WASHINGTON (Reuters) - Algumas grandes empresas de serviços públicos dos Estados Unidos, como a Tesla , a Uber e outras, informaram na terça-feira que estão iniciando um novo grupo para fazer lobby por políticas nacionais para impulsionar as vendas de veículos elétricos.

A Zero Emission Transportation Association quer aumentar os incentivos aos consumidores de veículos elétricos e encorajar o fim de veículos movidos a gasolina. O grupo também defende regras de emissões mais rígidas e padrões de desempenho que potencialmente permitirão a eletrificação completa até 2030.

Sob o governo Donald Trump, a Casa Branca rejeitou novos créditos fiscais para veículos elétricos, pois propôs eliminar os créditos existentes e tornar mais fácil a venda de veículos que consomem muita gasolina.

O presidente eleito dos EUA, Joe Biden, promete novos incentivos fiscais, incluindo novos descontos para comprar veículos elétricos e uma forte expansão das redes de recarga, medidas políticas que as montadoras há muito defendem.

O presidente-executivo da Uber, Dara Khosrowshahi, disse que o grupo apoiará "o trabalho da Uber para passar 100% de suas corridas para veículos elétricos (nos Estados Unidos), cidades canadenses e europeias até 2030 e atingir emissão zero em 2040."

Montadoras dos Estados Unidos venderam 326.000 veículos elétricos em 2019, representando cerca de 2% do total das vendas de automóveis nos Estados Unidos. A Tesla vendeu quase 60% do total.

Outros membros do grupo incluem ConEdison, Duke Energy, PG&E, além de empresas de recarga de baterias de elétricos como Chargepoint e EVgo. Também fazem parte Albemarle, a maior produtora mundial de lítio para baterias de veículos elétricos, Piedmont Lithium e Siemens.