Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.523,47
    -1.617,17 (-1,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.049,05
    +174,14 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,23
    -2,65 (-3,49%)
     
  • OURO

    1.877,70
    -53,10 (-2,75%)
     
  • BTC-USD

    23.335,04
    -226,24 (-0,96%)
     
  • CMC Crypto 200

    535,42
    -1,43 (-0,27%)
     
  • S&P500

    4.136,48
    -43,28 (-1,04%)
     
  • DOW JONES

    33.926,01
    -127,93 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.901,80
    +81,64 (+1,04%)
     
  • HANG SENG

    21.660,47
    -297,89 (-1,36%)
     
  • NIKKEI

    27.509,46
    +107,41 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.616,50
    -230,25 (-1,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5385
    +0,0488 (+0,89%)
     

Tesla tem seu pior ano e vê valor de mercado diminuído em R$ 3,7 trilhões

Tesla: empresa de veículos elétricos de Elon Musk passa pelo seu pior ano em valor de mercado (Mark Makela/Getty Images)
Tesla: empresa de veículos elétricos de Elon Musk passa pelo seu pior ano em valor de mercado (Mark Makela/Getty Images)
  • Com queda no valor da Tesla, Elon Musk perdeu seu posto de homem mais rico do mundo;

  • Investidores e analistas acreditam que CEO terá que realizar uma chamada de margem em breve;

  • Atrasos na produção na China e distrações com Twitter prejudicaram a Tesla em 2022.

As ações da Tesla fecharam o ano com uma perda de US$ 700 bilhões, ou R$ 3,7 trilhões, representando o pior ano de todos os tempos para a montadora de veículos elétricos de Elon Musk.

Em meio a preocupações sobre atrasos e interrupções na produção das fábricas da China e quanto ao foco de Musk, que recentemente comprou o Twitter, o preço do papel da Tesla voltou para níveis de agosto de 2020, sendo avaliada um pouco abaixo de US$ 350 bilhões (R$ 1,8 trilhão). Em comparação, a pouco mais de um ano o valor de mercado da empresa era de aproximadamente R$ 6,5 trilhões, na conversão atual.

Só na última terça-feira, o preço das ações caíram mais de US$ 16 (R$ 85) em um único dia. A queda tirou a Tesla da lista de 10 empresas mais valiosas do mundo e fez também com que Musk perdesse seu posto de pessoa mais rica do mundo, uma vez que sua fortuna é baseada no valor da companhia.

Investidores acusam Musk de estar distraído com o Twitter e de estar deixando de lado a operação da Tesla. “O senhor Musk está 'dormindo ao volante' em uma perspectiva de liderança para a Tesla no momento em que os investidores precisam de um CEO para navegar nesta tempestade de categoria 5”, escreveu Dan Ives, analista de tecnologia da Webush, em seu último boletim informativo. “Em vez disso, Musk está focado no Twitter, que tem sido um pesadelo contínuo que nunca termina para os investidores.”

Investidores e analistas financeiros acreditam que se a maré de má sorte perdurar mais um pouco Musk será forçado a fazer uma chamada de margem. “Não resta muito antes de Elon receber uma chamada de margem e as ações entrarem em uma espiral mortal”, escreveu o empresário e investidor americano William LeGate no Twitter. “Os investidores estão lutando para sair enquanto ainda podem.”

Para Musk, no entanto, a queda nas ações da Tesla pode ser explicada por fatores externos não ligados a sua gestão. Segundo o bilionário, o aumento da taxa de juros pelo banco central americano fez com que caíssem os investimentos em ações.

“Em termos simples: à medida que as taxas de juros das contas de poupança bancárias, que são garantidas, começam a se aproximar dos retornos do mercado de ações, que não são garantidos, as pessoas vão cada vez mais tirar seu dinheiro das ações, fazendo com que as ações caiam”, disse em seu perfil no Twitter.