Mercado fechará em 6 h 20 min
  • BOVESPA

    100.774,57
    -1.140,88 (-1,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.007,16
    +308,44 (+0,62%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,95
    +0,38 (+0,58%)
     
  • OURO

    1.779,00
    -5,30 (-0,30%)
     
  • BTC-USD

    56.451,21
    -830,11 (-1,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.442,08
    -27,00 (-1,84%)
     
  • S&P500

    4.513,04
    -53,96 (-1,18%)
     
  • DOW JONES

    34.022,04
    -461,68 (-1,34%)
     
  • FTSE

    7.109,92
    -58,76 (-0,82%)
     
  • HANG SENG

    23.788,93
    +130,01 (+0,55%)
     
  • NIKKEI

    27.753,37
    -182,25 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    15.832,75
    -37,00 (-0,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4202
    -0,0266 (-0,41%)
     

Tesla quer gravar motoristas em casos de acidente com seus carros

·2 min de leitura

A Tesla resolveu mudar as regras do jogo, ou melhor, do sistema Full Self-Driving (FSD), que faz parte do piloto automático, o famoso AutoPilot. Agora, a empresa espera contar com a colaboração dos clientes que já instalaram ou estão para fazer o download do novo pacote do acessório.

A mudança nas regras mexe diretamente com a privacidade. De acordo com a montadora, a ideia é que os usuários permitam a utilização das imagens de dentro e de fora do carro em caso de risco de segurança ou acidente. Até hoje, a empresa tem usado filmagens de muitas câmeras dentro e fora de seus veículos, mas sempre de forma anônima, ou seja, sem associar um condutor específico ao seu veículo.

“Ao habilitar o FSD Beta, eu autorizo ​​a coleta de dados de imagem associados ao VIN da Tesla das câmeras externas do veículo e da câmera da cabine na ocorrência de um sério risco à segurança ou um evento de segurança como uma colisão”, diz o termo.

Musk escaldado…

Imagem: Wikimedia Commons
Imagem: Wikimedia Commons

A explicação oficial para a mudança na política de privacidade no uso do Full Self-Driving não foi tornada pública, mas imagina-se que Elon Musk e os demais executivos da Tesla estejam preocupados com os recentes acidentes relatados envolvendo carros com o AutoPilot ligado.

Pelas regras anteriores, a Tesla não tinha autorização para vincular qualquer imagem ou vídeo a um veículo específico sem a expressa autorização do motorista. Agora, fazendo isso já no ato do download, ou seja, de forma preventiva, fica com acesso garantido a tudo o que tiver acontecido em um eventual acidente ou situação de risco.

Se isso já estivesse em vigor no Brasil, o motorista flagrado supostamente dormindo ao volante de um Tesla Model 3 na Rodovia dos Imigrantes, em São Paulo, e que posteriormente desmentiu a acusação, teria o vídeo de dentro do carro para provar sua inocência… Ou não.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos