Mercado abrirá em 4 h 12 min
  • BOVESPA

    108.941,68
    -160,32 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.599,38
    -909,02 (-1,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    85,71
    +0,57 (+0,67%)
     
  • OURO

    1.838,10
    +6,30 (+0,34%)
     
  • BTC-USD

    35.065,55
    -608,32 (-1,71%)
     
  • CMC Crypto 200

    807,19
    +564,51 (+232,62%)
     
  • S&P500

    4.397,94
    -84,79 (-1,89%)
     
  • DOW JONES

    34.265,37
    -450,03 (-1,30%)
     
  • FTSE

    7.494,13
    -90,88 (-1,20%)
     
  • HANG SENG

    24.639,08
    -326,47 (-1,31%)
     
  • NIKKEI

    27.588,37
    +66,11 (+0,24%)
     
  • NASDAQ

    14.494,75
    +68,25 (+0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1735
    -0,0165 (-0,27%)
     

Tesla Model S bate Mercedes EQXX e roda 1,2 mil km em teste de bateria

·2 min de leitura

A Mercedes revelou, no dia 3 de janeiro, o Vision EQXX, carro elétrico com zero emissão que chega ao mercado com a promessa de rodar 1.000 quilômetros com uma carga. E a ONE (Our Next Energy), fábrica de baterias localizada em Michigan, deu à Tesla armas para contra-atacar.

A empresa adaptou um Tesla Model S com protótipo de bateria dotado da tecnologia chamada Gemini, e o resultado dos testes foi espetacular, para dizer o mínimo. O carro rodou 1.210 km, a uma velocidade média de 88 km/h, com uma única carga. O teste foi realizado em dezembro nas estradas de Michigan, nos EUA.

Em um segundo teste, depois de colocado em um dinamômetro, também a 88 km/h, o Tesla com a bateria de teste foi além e rodou 1.419 km sem precisar recarregar.

“Queremos acelerar a aceitação de veículos elétricos, eliminando a ansiedade em relação à autonomia, que é o que mais incomoda os consumidores hoje. Estamos agora focados na evolução desta bateria de testes, em um novo produto chamado Gemini, que permitirá viagens de longa distância com uma carga única, melhorando o custo e a segurança usando materiais sustentáveis”, disse Mujeeb Ijaz, fundador e CEO da ONE.

Tesla Model S teve autonomia de mais de 1,4 mil quilômetros no dinamômetro (Imagem: Reprodução/YouTube, ONE
Tesla Model S teve autonomia de mais de 1,4 mil quilômetros no dinamômetro (Imagem: Reprodução/YouTube, ONE

O CEO explicou que os resultados do dinamômetro foram superiores aos registrados na rodovia por uma questão simples: “Não é surpreendente que estivéssemos obtendo maior alcance no dinamômetro devido às melhores condições de temperatura e nenhum outro fator, como colinas e ventos contrários''.

Bateria chega em 2023

O que por enquanto foi apenas um resultado impressionante em um teste pode vir a se tornar realidade em breve. Só que com alguns poréns… Para alcançar esse feito, a ONE adaptou sua bateria de 207,3 kWh no mesmo espaço da original do Tesla, de 103,9 kWh.

O CEO da marca afirmou que a intenção é colocar a bateria Gemini em produção em 2023, mas alertou que ela chegará diferente da que foi usada nos testes. As que equiparam o Tesla possuíam algumas células de cobalto-níquel de alta energia, e as que efetivamente serão comercializadas permanecem em desenvolvimento.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos