Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -18,70 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    41.579,00
    +2.557,24 (+6,55%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Tesla fecha acordo com BHP para fornecimento de níquel

·1 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A Tesla fechou um acordo de fornecimento de níquel com a BHP para garantir o metal usado nas baterias de seus carros elétricos.

O metal será fornecido pela operação Nickel West na Austrália Ocidental, disse a maior mineradora do mundo em comunicado. Segundo a BHP, as empresas trabalharão juntas para tornar a cadeia de fornecimento de baterias mais sustentável.

O fundador da Tesla, Elon Musk, tem repetidamente mostrado preocupação com os suprimentos futuros de níquel devido aos desafios para a oferta sustentável. Musk tem pedido às mineradoras para produzir mais níquel, pois a demanda deve aumentar muito com a transição cada vez mais acelerada para veículos elétricos.

O níquel é um componente essencial das baterias íon-lítio, usadas em veículos elétricos. O metal permite armazenar mais energia nas baterias e reduz a necessidade de usar cobalto, que é mais caro e tem uma cadeia de abastecimento menos transparente.

A Telsa fechou uma série de acordos com empresas de mineração para as commodities usadas em baterias, incluindo um contrato para o fornecimento de cobalto com a Glencore e apoio a um projeto de níquel na Nova Caledônia.

Para a BHP, isso marca uma grande mudança na divisão Nickel West da empresa, que tentou sem sucesso vender a unidade em 2014 e, desde então, a adaptou para atender fabricantes de baterias, em vez de clientes tradicionais, como a indústria de aço inoxidável.

A Bloomberg havia divulgado em outubro que as duas empresas estavam em negociações.

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos