Mercado abrirá em 8 h 6 min
  • BOVESPA

    120.933,78
    -180,15 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.072,62
    -654,36 (-1,34%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,00
    +0,62 (+0,98%)
     
  • OURO

    1.772,10
    +1,50 (+0,08%)
     
  • BTC-USD

    55.265,29
    -1.959,91 (-3,42%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.247,70
    -51,25 (-3,95%)
     
  • S&P500

    4.163,26
    -22,21 (-0,53%)
     
  • DOW JONES

    34.077,63
    -123,04 (-0,36%)
     
  • FTSE

    7.000,08
    -19,45 (-0,28%)
     
  • HANG SENG

    29.105,73
    -0,42 (-0,00%)
     
  • NIKKEI

    29.055,46
    -629,91 (-2,12%)
     
  • NASDAQ

    13.916,25
    +19,00 (+0,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6894
    +0,0137 (+0,21%)
     

Tesla divulga primeiro vídeo de seu caminhão elétrico e autônomo

Ramon de Souza
·2 minuto de leitura

Anunciado em novembro de 2017, o Tesla Semi, caminhão 100% elétrico e semi-autônomo da Tesla, finalmente apareceu em vídeo — mas não se empolgue, pois trata-se de um clipe curtíssimo de apenas 17 segundos. Ainda assim, a gravação retrata o automóvel em uma pista fechada de testes, realizando curvas a uma velocidade impressionante: material o suficiente para empolgar os caminhoneiros de plantão que já reservaram a sua unidade do modelo (que, em sua edição mais cara, custa US$ 180 mil ou cerca de R$ 1 milhão).

Seguindo o design minimalista de outros elétricos da montadora, o Semi que podemos ver no vídeo divulgado apresenta ligeiras diferenças visuais caso comparado com as primeiras imagens conceituais liberadas pela marca. Primeiramente, ele parece ter ganhado retrovisores tradicionais; os conceitos primordiais usavam câmeras de vídeo para substituir os bons e velhos espelhos. Também há leves alterações no formato das janelas, que, por serem fumê, escondem as colunas A e parecem integrar-se com o parabrisa.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Monoposto, o Tesla Semi traz um cockpit bastante futurista, com duas telas de 14 polegadas sensíveis ao toque e o volante no centro. Ao lado esquerdo do banco, temos um porta-copos; ao lado direito, um descanso de braço. A autonomia energética é uma questão polêmica — a montadora já falou em 965 km com uma única recarga, mas estimativas mais racionais apontam para 804 km. Um sistema implementado nos freios recupera até 98% da energia cinética, o que contribui para menos paradas no posto de recarga.

<em>Imagem: Divulgação/Tesla</em>
Imagem: Divulgação/Tesla

Mesmo quando os quatro motores elétricos ficarem sem energia, bastarão 30 minutos na tomada para que o Semi possa rodar por mais 640 km. Com um reboque de 36 toneladas, o bólido será capaz de atingir os 100 km/h em apenas 20 segundos graças ao seu coeficiente aerodinâmico de apenas 0.36 — em uma subida com 5% de inclinação, sua velocidade máxima deve ser de 96 km/h (um caminhão tradicional a diesel costuma andar, nessas condições, a cerca de 72 km/h em média).

Novamente, o Tesla Semi foi anunciado em 2017 e vem sofrendo adiamentos em seu lançamento desde então; em sua mais recente promessa, a marca promete entregar os veículos até o final deste ano.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: