Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.159,97
    -2.270,57 (-2,00%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.560,80
    -3,47 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,83
    -2,04 (-2,59%)
     
  • OURO

    1.941,80
    -3,50 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    23.087,42
    -57,46 (-0,25%)
     
  • CMC Crypto 200

    522,75
    +280,07 (+115,41%)
     
  • S&P500

    4.061,92
    -14,68 (-0,36%)
     
  • DOW JONES

    33.768,95
    -317,09 (-0,93%)
     
  • FTSE

    7.761,11
    -10,59 (-0,14%)
     
  • HANG SENG

    22.072,18
    +229,85 (+1,05%)
     
  • NIKKEI

    27.346,88
    +19,77 (+0,07%)
     
  • NASDAQ

    12.180,75
    +28,75 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5497
    +0,0341 (+0,62%)
     

Tesla cai de penhasco nos EUA: falha no FSD ou crime?

Falha do sistema Full-Self Driving (FSD) ou tentativa de assassinato e suicídio? É isso o que as autoridades do condado de San Mateo, na Califórnia, estão tentando descobrir após um carro da Tesla despencar de um penhasco de mais de 76 metros de altura com um homem, uma mulher e duas crianças a bordo.

A reportagem da NBC revelou que as primeiras evidências coletadas pela polícia indicam que o acidente foi intencional, ou seja, que o motorista do Tesla jogou o carro propositadamente do penhasco para cometer suicídio e também matar toda a sua família na queda.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

De acordo com a apuração da polícia local após ouvir os relatos de testemunhas, o Tesla estava viajando para o sul na State Rouge 1 e, ao se aproximar do penhasco conhecido como Devil’s Slide, o motorista dirigiu intencionalmente em direção à beira da estrada, até acelerar e cair de uma altura aproximada de 76 metros.

Full Self-Driving do Tesla estava desligado

Brian Pottenger, chefe do Departamento de Florestas e Proteção contra Incêndios da Califórnia, foi um dos responsáveis pela organização do resgate das duas crianças, uma de 4 e outra de 7 anos, além do próprio motorista e da mulher que também estava no carro da Tesla.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Segundo Pottenger, o sistema de condução semiautônoma do carro não estava ativo e “provavelmente não foi um fator contribuinte” para o acidente. “Os danos do veículo indicam que ele bateu e depois capotou várias vezes”, resumiu.

O comandante admitiu ter ficado surpreso e feliz por ter resgatado os quatro ocupantes do carro com vida. De acordo com ele, o fato de as crianças terem usado as cadeirinhas infantis ajudou para escaparem ilesas, mas "é muito, muito raro pessoas sobreviverem a uma queda tão acentuada".

O motorista do Tesla, identificado como Dharmesh Arvind Patel, de 41 anos, foi autuado por tentativa de homicídio e abuso infantil, e será preso assim que deixar o hospital, conforme comunicado distribuído pela patrulha chamada ao local do acidente.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: