Mercado abrirá em 5 h 53 min
  • BOVESPA

    114.064,36
    +1.782,08 (+1,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.464,27
    +125,93 (+0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,47
    +0,17 (+0,23%)
     
  • OURO

    1.753,80
    +4,00 (+0,23%)
     
  • BTC-USD

    44.323,44
    +157,77 (+0,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.105,47
    -3,45 (-0,31%)
     
  • S&P500

    4.448,98
    +53,34 (+1,21%)
     
  • DOW JONES

    34.764,82
    +506,50 (+1,48%)
     
  • FTSE

    7.078,35
    0,00 (0,00%)
     
  • HANG SENG

    24.356,00
    -154,98 (-0,63%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.254,50
    -49,00 (-0,32%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2224
    -0,0026 (-0,04%)
     

Tesla "baratinho" deve ser autônomo e vir sem volante

·2 minuto de leitura

Elon Musk parece mesmo disposto a lançar um Tesla mais barato e acessível — até aí, nenhuma surpresa. A novidade, porém, é que o carro, previsto para ser lançado em 2023, seria 100% autônomo e já sairia de fábrica sem volante. Essa informação foi obtida após uma reunião interna da montadora nesta semana e que teve a participação do seu principal executivo.

Internamente chamado de "Model 2", o automóvel seria equipado com o novo conjunto de baterias da Tesla, o que reduziria seus custos de produção substancialmente, em torno dos 50%. A fabricação do carro seria realizada na GigaFactory de Xangai, na China, o que ajudaria ainda mais na redução do preço e facilitaria todo o ciclo de logística, já que a ideia da marca é exportá-lo para o mundo todo a partir de lá.

O desejo de Musk é que, além de barato, esse automóvel seja equipado com um pacote de condução autônoma de nível 5, chegando a cogitar a retirada de volante e pedais. Para isso, claro, a Tesla terá de aperfeiçoar — e muito — seu próprio sistema, o AutoPilot, que funciona em conformidade com o Tesla Vision, o recurso de monitoramento proprietário da marca que utiliza somente câmeras. Atualmente, esse aparato tecnológico está em fase beta.

(Inagem: Reprodução/ Electrek)
(Inagem: Reprodução/ Electrek)

Além disso, a imprensa chinesa trabalha com o ano de 2023 como meta de Musk para o lançamento desse carro. Outro rumores, porém, davam conta de que ele seria lançado este ano, mas em uma versão mais "padrão", ou seja, com volante e pedais. O portal Sina Motors, por exemplo, chegou a dizer que a Tesla já concluiu o desenvolvimento do modelo de entrada, justamente na faixa de valor de US$ 25 mil.

Falando do carro em si, ele deve ser menor do que o Model 3, tendo uma carroceria no estilo hatchback, com potência, torque e autonomia inferiores ao compacto, que é o mais vendido da Tesla no mundo. A dúvida é se a Tesla vai mesmo conseguir, em tão pouco tempo, oferecer um carro autônomo antes de outras empresas que parecem estar com projetos mais avançados e com outro detalhe: diretamente ao público.

É esperar para ver.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos