Mercado abrirá em 4 horas 1 minuto
  • BOVESPA

    119.371,48
    -690,52 (-0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.092,31
    +224,69 (+0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,87
    +0,44 (+0,72%)
     
  • OURO

    1.784,10
    +2,10 (+0,12%)
     
  • BTC-USD

    48.577,58
    -5.651,64 (-10,42%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.108,90
    -134,15 (-10,79%)
     
  • S&P500

    4.134,98
    -38,44 (-0,92%)
     
  • DOW JONES

    33.815,90
    -321,41 (-0,94%)
     
  • FTSE

    6.926,58
    -11,66 (-0,17%)
     
  • HANG SENG

    29.078,75
    +323,41 (+1,12%)
     
  • NIKKEI

    29.020,63
    -167,54 (-0,57%)
     
  • NASDAQ

    13.776,00
    +25,75 (+0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5540
    +0,0124 (+0,19%)
     

Tesla anuncia que clientes podem pagar com bitcoins e impulsiona alta da moeda virtual

·1 minuto de leitura
CEO da Tesla, Elon Musk

"Agora você pode comprar um Tesla com bitcoins" nos Estados Unidos - anunciou nesta quarta-feira (24) no Twitter o presidente e fundador da Tesla, Elon Musk, o que fez aumentar o preço da moeda virtual.

Por volta das 13h10 GMT (10h10 de Brasília), a criptomoeda subia 4,3%, a 56.802 dólares.

No site da fabricante de veículos elétricos, agora existem duas possibilidades: "Pedido com cartão" e "Bitcoins".

Devido à extrema volatilidade das criptomoedas, a maioria das empresas que aceitam pagamentos com criptomoedas converte imediatamente o valor recebido em dólares.

No entanto, Musk, oficialmente proclamado "Technoking" (rei da tecnologia) em meados de março por sua empresa, indicou que a Tesla não revenderia imediatamente os bitcoins obtidos dessa forma.

Nos "termos e condições" da venda, a empresa esclarece que os interessados deverão pagar o equivalente em bitcoins ao valor expresso em dólares, e que os clientes terão um prazo para efetuar o pagamento. Depois de expirado, o valor pode mudar.

A fabricante havia indicado no início de fevereiro que planejava aceitar moeda virtual para o pagamento de seus carros, mas não especificou quando exatamente o faria.

"A possibilidade de pagar com bitcoins estará disponível fora dos Estados Unidos ainda este ano", tuitou Musk.

Ao mesmo tempo, a Tesla anunciou que investiu 1,5 bilhão de dólares de seu caixa em bitcoins, uma decisão inesperada que fez o preço da criptomoeda disparar.

A reação nesta quarta-feira foi moderada, e o bitcoin permaneceu abaixo de seu maior recorde de 61.742 dólares no início deste mês.

js-jum/Dt/eb/age/mar/mr/tt